X

Às vésperas de seu retorno, Serena desabafa: 'estou muito nervosa'

Sexta, 13 de março 2015 às 15:59:15 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Às vésperas de seu retorno ao WTA de Indian Wells, onde não joga desde que foi campeã em 2011, a americana Serena Williams falou sobre seu retorno ao torneio, sobre tudo que levou ao boicote pessoal de 14 anos e como ela e sua família lidaram com tudo isto ao longo dos anos.

 



Segundo Serena, ela achou que nunca fosse voltar ao torneio de duas semanas realizado no deserto ao sul da Califórnia. A americana inclusive ficou um dia a mais do que o planejado em Los Angeles pois ainda não se sentia preparada para iniciar sua jornada de retorno.

 

“Eu estava nervosa por voltar aqui,” ela disse. “No começo eu me perguntava, ‘onde eu estava com a cabeça?’ Eu precisava superar este obstáculo.

 

Na manhã desta quinta, Serena fez um treino fechado ao público, com direito à seguranças para afastar a imprensa e os fãs. Desde o título no Australian Open deste ano, ela jogou apenas uma partida na Fed Cup.

Ela disse também que estava muito nervosa ao anunciar à seus pais sua decisão. Segundo a americana eles apoiaram sua decisão, seu pai inclusive comentou que seria um grande erro caso ela não retornasse ao torneio.

Em 2001, quanto tinha apenas 19 anos, as partidas entre Serena e sua irmã mais velha, Venus, ainda eram uma novidade. Todos os fãs estavam ansiosos para ver as duas irmãs enfrentando-se em uma semifinal.

 

Quando Venus anunciou sua desistência 20 minutos antes da partida, em razão de uma tendinite, vaias invadiram a quadra vindas da torcida direcionadas à Serena. Após a partida ela sofreu acusações de que a desistência de Venus havia sido arquitetada pelo pai das tenistas.

 

“Eu acho que todos sabem que isso não é uma verdade, mas eu sei que estas perguntas precisam ser feitas,” disse Serena. “Eu não tenho nada além de integridade em toda minha carreira.”

 

Serena venceu a final contra Kim Clijsters. Seu pai mais tarde comentou ter ouvido ofensas raciais vindo da torcida.

A americana lembra-se de rezar durante a partida, quando estava atrás no primeiro set. “Eu disse, ‘não quero vencer essa partida, só quero que esse momento passe.”

 

Williams disse que a decisão de retornar ao torneio foi, em parte, influenciada por um filme sobre Nelson Mandela e sua dedicação à reconciliação. “Para perdoar você precise ser capaz de superar qualquer coisa,” ela disse. “Eu passei por algo que não foi o melhor para mim. Estou tentando superar esse nervosismo de estar de volta e ansiosa para saber como será este retorno, nunca passei por isso. Quando você escolhe perdoar, também preciso se livrar de muitos sentimentos.”

 

 

banner
banner