X

Feijão: 'Dei 300% de mim. Alguém tinha que vencer hoje'

Domingo, 08 de março 2015 às 20:23:01 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Fabrizio Gallas, em Buenos Aires - Visivelmente abatido, João Souza, o Feijão, lamentou a derrota em batalha de 6h42min diante de Leonardo Mayer, 29º colocado, por 15/13 no quinto set no quarto jogo de Brasil contra a Argentina na Copa Davis, em Tecnópolis.



O número 1 do Brasil e 75º colocado mal conseguia caminhar e se posicionar adequadamente para sentar na cadeira na coletiva de imprensa: "Dei 300% de mim e o Leo Mayer também, tenho que felicitá-lo. Consegui buscar um jogo com dois sets abaixo, uma quebra no terceiro, tive 6/5 no 5º. Dei tudo de mim, lutei até o último ponto. Alguém tinha que vencer hoje e acabou indo pro lado dele", disse o brasileiro que destacou o quão positivo será para sua carreira as partidas dessa Copa Davis na Argentina, afinal ganhou outra batalha de cinco sets contra Carlos Berlocq na sexta-feira.

"Se perdemos a série serão mais sentimentos negativos do que positivos, mas saio daqui muito confiante, acreditando mais em mim. Agora é torcer muito pelo Thomaz (Bellucci), assim as sensaões serão bem positivas".

Sobre a parte física com 12 horas em quadra nos dois dias que atuou, Feijão se disse "destruído": "Depois de um jogo desses se sente dor em todos os lugares, mal consigo sentar aqui, dores no adutor, panturrilha, todo lugar. Nunca havia feito jogos tão longos assim, venho trabalhando bem a parte física, mas hoje no fim estava muito mais no coração que no físico", disse o tenista que terá três ou quatro dias de descanso e não jogará o challenger de Santiago, no Chile, que tinha previsto para a próxima semana.

banner
banner