X

Berlocq lamenta chance perdida e inconstância mental

Sexta, 06 de março 2015 às 19:40:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Fabrizio Gallas, em Buenos Aires - Visivelmente abatido e de fala mansa, Carlos Berlocq, eleito número dois da Argentina e 67º do mundo, lamentou a perda de chances e derrota em batalha de 4h57min contra João Souza, o Feijão, 75º, por 6/4 3/6 5/7 6/3 6/2.



"Saio triste por não poder ter vencido esse jogo. Sinto que tive dois match-points ali no 3/1 e saque dele e breakpoints no 4º set, se quebrasse era 95 por cento do jogo pra mim", lamentou Berlocq que vinha de semifinais no ATP 250 de Buenos Aires na semana anterior.

 

"Fiz 9 de 10 games desde o 5 a 2 abaixo no terceiro ate quebrar e ter vantagem no 4º set, poderia ter sido um pouco mais agressivo no momento, mas Feijão teve seus méritos. Ele era um jogador instável, mas vem mudando e está confiante. Eu tive momentos de instabilidade emocional", confessou.

 

Berlocq destacou o desgaste físico e afirmou que terá um jogo diferente, caso seja necessário um quinto ponto contra Thomaz Bellucci após o duelo terminar 1 a 1 nesta sexta-feira:  "Fiquei cansado, mas mais um cansaço mental que físico pois os pontos não foram longos, amanhã devo sentir mais o físico e preciso descansar pra recuperar pro jogo de domingo. Bellucci tem um primeiro saque e segundo saque diferente do Feijão, e é canhoto, será um jogo diferente."

banner
banner