X

Simon vence batalha e Monfils completa dia perfeito da França contra Alemanha

Sexta, 06 de março 2015 às 15:14:22 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A atual vice-campeã da Copa Davis, França, viu seu número um, Gilles Simon, 14º do ranking da ATP, sofrer para superar o estreante Jan-Lennard Struff, 74º, na partida que abriu o confronto que reúne 12 títulos da competição.



Simon brigou por 4h24 para fechar a partida em 7/6 (4) 2/6 6/7 (1) 6/2 10/8 tendo convertido 17 aces na partida, mesmo número do alemão, que cometeu 99 erros não forçados  contra 75 do francês, que 60 bolas vencedoras contra 81 de Struff.

 

A partida começou brigada já no primeiro set, os dois tenistas chegaram a ter chances para quebrar o serviço do rival, mas confirmaram seus saques e definiram no tiebreak.

 

Na segunda etapa, o alemão contou com um vacilo de Simon no quarto game, conquistou a quebra, salvou a chance de devolução na sequência, e Voltou a quebrar o saque do rival no sexto game tendo controle da parcial.

 

O jogo manteve-se duro. No terceiro set cada um dos tenistas conquistou uma quebra de saque e no tiebreak, melhor para o jovem alemão que manteve a calma e aguardou os erros do francês.

 

No set seguinte, domínio de Simon sob o errático alemão, que chegou a iniciar o set com uma quebra acima, 2/1, mas tomou a virada. 

 

Na parcial decisiva, o set foi complicado, com games muito disputados e muita luta. Simon, abriu com quebra no quinto game, tomou a devolução e precisou de quebra crucial no décimo sétimo game para fechar a partida.

 

Na sequência, Gael Monfils, 19º, ampliou a vantagem dos visitantes marcando 3 sets a 0 sobre o número um alemão, Philipp Kohlschreiber, 28º, com 6/4 7/5 7/6 (7/4). O germânico chegou a ter 5/2 no 2º set, mas levou a virada.

 

A França agora precisa de apenas mais um ponto para sacramentar seu triunfo na série, enquanto os alemães precisam vencer os três jogos restantes para a improvável virada. Amanhã acontece o jogo de duplas que pode selar o caixão ou dar uma sobrevida ao time alemão com Benjamin Becker / Andre Begemann x Julien Benneteau / Nicolas Mahut.

banner
banner