X

Wawrinka desabafa: ‘Estava mentalmente morto’

Sexta, 30 de janeiro 2015 às 14:32:39 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Campeão da edição 2014 do Australian Open, o suíço Stan Wawrinka vinha fazendo um belíssimo torneio, jogando um tênis de alto nível, até ser parado pelo sérvio Novak Djokovic. Após a partida, Wawrinka comentou que estava satisfeito com seu tênis, mas mentalmente exausto.



“No início foi complicado pois foi meu primeiro jogo à noite, então tive que me adaptar às condições,” comentou Wawrinka. “A quadra está bem mais rápida esse ano, não está fácil de controlar. Eu joguei bem, estou feliz com meu nível. Acho que estou pagando o preço de ter terminado a temporada com a Copa Davis, não me permitindo ter mais tempo para descansar mentalmente e começar bem mais focado em Chennai. Eu disse ao meu treinador antes da partida que estava mentalmente morto e sem bateria. Estava difícil focar no que eu queria, focar no meu jogo e foi o que aconteceu hoje.”

 

“Tive uma pequena vantage em alguns momentos da partida, sentia que estava jogando bem, mas era difícil para mim focar no que eu queria fazer. No terceiro set tive break-points e deveria ter quebrado logo no primeiro game. Tive um backhand fácil que errei, e no quinto set foi a mesma coisa. Com o vento eu tive uma chance de ficar na vantagem novamente, mas eu dizia ao meu staff que estava difícil para eu focar nele, focar no jogo e encontrar uma maneira de vencer os pontos. Eu estava lutando pelo jogo, mas eu simplesmente não estava totalmente lá.”

 

“Eu estou decepcionado com a derrota, pois sentia que meu jogo estava bem, que eu estava jogando bem. Eu tive tudo para vencer hoje, mas não venci, essa é a realidade. Então amanhã quando eu acordar verei o que farei agora. Estou feliz com meu início de temporada, mas o mais importante é que preciso fazer o possível para manter esse bom nível até o fim da temporada.”

banner
banner