X

Bia Maia perde na estreia em Sunrise. Paula fura o quali

Terça, 27 de janeiro 2015 às 20:41:28 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Beatriz Haddad Maia, número 237 do mundo, foi eliminada, nesta terça-feira, na primeira rodada do torneio challenger de Sunrise, na Flórida, evento sobre o piso de Har Tru, o saibro verde, com premiação de US$ 25 mil.

A paulista que treina em Camboriú (SC) com Marcus Vinícius Barbosa, o Bocão, foi superada pela georgiana Sofia Shapatava, 218ª, por 6/4 6/1. Foi apenas seu segundo torneio no ano e ela segue em busca da primeira vitória.

Enquanto isso, Paula Gonçalves (CBT/Correios/Asics/Steck/Wilson), natural de Campinas (SP) e atleta do Centro de Treinamento Kirmayr, em Serra Negra (SP), se garantiu na chave principal do evento.

A número quatro do país e 301ª colocada do ranking derrotou a americana Chiara Scholl por 7/5 6/3 consolidando a terceira vitória na fase prévia do evento: "Foi um jogo duro, ela liderava o primeiro set por 5/3 e fui buscar. Tem sido uma maratona, semana passada fiz quartas, joguei quali, essa semana também, estou um pouco cansada, mas firme e forte de cabeça e confiante. Essas vitórias têm me dado muita confiança, estou jogando melhor a cada dia e desfrutando de cada momento em quadra", descreveu a campineira pioneira patrocinada pelo Instituto LOB do Tênis Feminino, desde julho de 2005.

Ela estreia contra a croata Tena Lukas, 443ª e que também passou o quali, nesta quarta-feira.

O Instituto LOB Tênis Feminino começou como um projeto inicialmente patrocinado por Roger Wright, foi fundado em 2005 e que já apoiou 25 atletas e diversos torneios femininos pelo país. O Institito LOB tem como patrocinadores a Fundação Lemann, o Centro de Treinamento Kirmayr, e conta com o apoio da Movement e a Interep Car Rental. O projeto LIE tem o patrocínio da Ecovias, Jaguar Landrover e Eliane.
banner
banner