X

Nadal chateado com atuação ruim: 'Não joguei com a intensidade correta'

Terça, 27 de janeiro 2015 às 05:39:19 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal, número três do mundo, foi eliminado, nesta terça-feira, por Tomas Berdych, sétimo colocado, nas quartas de final do Australian Open e lamentou sua atuação ruim sobretudo nos dois primeiros sets. O tenista afirma que contribuiu para o bom tênis do adversário.

O espanhol descartou qualquer tipo de problema físico: "Estou me sentindo bem, não joguei com a intensidade correta, com o ritmo certo, e o oponente jogou melhor que eu. Só tenho que congratulá-lo e aceitar", disse o espanhol que perdeu pela primeira vez após 17 triunfos seguidos sobre o tcheco, uma freguesia que durou por mais de oito anos. O tenista afirmou que contribuiu para a boa atuação de Tomas.

"É óbvio que precisava de algo para ser mais competitivo como fiz no terceiro set onde joguei o jogo certo. Antes não joguei com a intensidade certa, bolas curtas e deixei a quadra aberta. Fiz ele jogar muito fácil. Você não pode esperar ganhar jogos de quartas de final de Grand Slam ajudando o oponente a atuar bem. E foi isso que fiz. No terceiro set joguei mais na característica que me levou a estar onde estou há anos".

O natural de Manacor retorna para a Espanha e disputa o rio Open como próxima competição. Ele não abaixa a cabeça no ano que só está começando: "Vou seguir trabalhando nas coisas que preciso fazer. Como falei quando cheguei aqui é o processo quando se volta de lesão é difícil. Há diversos exemplos no mundo todo esportivo de que é difícil voltar. E não estou fora disso. Preciso tirar as coisas positivas. Sem estar no topo do meu tênis, cheguei às quartas, não é um mau resultado pra quem jogou cinco partidas nos últimos sete meses. É só o começo do ano que é muito longo. Preciso aceitar as situações e estar preparado para ficar forte. Quando eu disse que estou de volta é porque posso competir com qualquer um em condições".

No terceiro set Nadal teve dois break-points no game de 4/4 onde tentava a recuperação. Questionado se uma vitória naquele set teria mudado a história, Rafa filosofou: "O 'se' não existe no esporte. Isso é o real. Se, se e se nunca vem. Você precisa fazer isso. Perdi o terceiro set então é isso. Assim é o esporte. Ele está mais feliz que eu no vestiário, eu não estou feliz pois não competi da maneira que queria nos dois primeiros sets, algo que não gosto. Mas lutei no terceiro e estive mais perto.Ter dois sets a zero é uma vantagem que faz o rival ficar mais calmo do que se fosse 1 set a 1. Essa é uma grande diferença".

Nadal também destacou que não vê Berdych como claro favorito para ganhar seu primeiro Grand Slam pontuando que há outros bons tenistas na briga. Ele citou Andy Murray com um bom tênis na competição.
banner
banner