X

Sharapova vê evolução e destaca força mental em Melbourne

Terça, 27 de janeiro 2015 às 05:07:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A vice-líder do ranking, Maria Sharapova, bateu um longo papo com a imprensa após derrotar a canadense Eugenie Bouchard e se garantir na semifinal do Australian Open. A russa destacou a evolução que vem apresentando no torneio e destacou a força mental.

Sharapova começou a coletiva falando da confiança de começar bem a partida e estar firme para se reerguer nos momentos difíceis do jogo contra a canadense.

Questionada sobre a dificuldade na segunda rodada na partida contra a compatriota Alexandra Panova e a vitoria, relativamente tranquila, na sequência, a russa confidenciou que "não quer receber ligações e puxões de orelha do pai durante o torneio", então "foca em mudar o andamento das coisas, mudar perspectivas e melhor jogo".

Sharapova foi perguntada sobre o que seu pai fala nestas ligações e revelou: "Numa versão tranquila, é como: "Isso é inaceitável!" (rindo). Ele diz coisas como: 'É muito mais fácil ter uma vida doméstica normal. Você deveria tentar. Eu não sei porque você está sofrendo aí por nada. Faça ficar fácil por si mesma".

A russa voltou a comentar, a exemplo da entrevista em quadra após a partida que enfrentar uma compatriota é sempre um jogo difícil e explicou que muitas vezes as compatriotas estão como 'franco atiradoras'.

Sharapova foi questionada sobre a relação com Ekaterina Makarova, sua compatriota e próxima rival na semifinal do torneio, e contou que as duas treinaram algumas vezes juntas na Fed Cup e que não não são próximas: "Mas é sempre um jogo difícil, não existe segredo no jogo uma da outra".

Indagada sobre como nunca parece estar nervosa ou ansiosa em quadra, se isso era uma força mental, Sharapova pontuou: "Eu não sei. Não sei responder esta pergunta. O que quero dizer, se eu acordo e não tive uma boa noite ou estou pensando sobre algo, tento deixar de lado o mais rápido que puder. Se eu continuar dizendo a mim mesma que estou estressada, nervosa, isto não é um bom sinal. Tento pensar em outras coisas, o que vou fazer, focar, conversar com meu time um pouquinho".
banner
banner