X

'É sempre difícil jogar contra ele', declara Wawrinka sobre Nishikori

Segunda, 26 de janeiro 2015 às 06:37:57 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Stan Wawrinka, atual campeão do Aberto da Austrália, escapou por pouco de ir ao quinto set e levou a melhor no jogo contra Guillermo Garcia-Lopez, 37º, vencendo por 3 sets a 1 com parciais de 7/6 (7/2) 6/4 4/6 7/6 (10/8) e avançou às quartas do primeiro Grand Slam da temporada.

Após dominar e vencer os dois primeiros sets, Wawrinka teve um apagão na terceira parcial e viu Garcia-Lopez acelerar e ganhar confiança. Questionado sobre isso, o número 4 do mundo explicou que o jogo pode mudar rapidamente. “Eu tive dois erros, então ele começou a jogar um pouco mais rápido, um pouco mais plano. Eu comecei a entrar na defensiva. Isso aconteceu rápido demais. Mas, estou feliz de passar. Era importante ganhar esse jogo novamente.”

No quarto set, seu adversário conseguiu abrir 6 a 2, mas vacilou, e o suíço recuperou o tempo perdido, reagindo para 6/5. Na coletiva, Wawrinka lembrou de uma situação parecida com essa, em Xangai contra o polonês Lukasz Kubot, 162º.

“Eu estava perdendo por 5 a 0 , foi um mau começo para o tiebreak . Consegui um 6-2 e sabia que estava perto de voltar , porque eu tinha o vento comigo. Eu tinha que me concentrar em todos os pontos. Eu fiz uma boa passagem ao longo da linha. Nada de especial. Apenas ponto focado após outro ponto”, explicou.

Focado no próximo jogo contra o japonês Kei Nishikori, 5º, que venceu David Ferrer, 10º, por um triplo 6/3, ele explicou que será um jogo difícil e que na última vez que o enfrentou no US Open, o jogo foi para o quinto set com vitória de Nishikori. “Ele é um jogador duro e difícil. Ele melhorou muito ano passado. Pratiquei com ele antes do torneio. Ele pode ser um vencedor, é rápido demais. É sempre difícil jogar contra ele, ele não lhe dá muito tempo.”

No retrospecto, os dois tenistas já se enfrentaram 3 vezes e o suíço levou a melhor em duas delas.
banner
banner