X

Tomic dispara contra programação: 'Foi ridícula'

Domingo, 25 de janeiro 2015 às 07:21:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Eliminado do Aberto da Austrália nas oitavas de final após derrota em sets diretos para o tcheco Tomas Berdych, Bernard Tomic polemizou mais uma vez na entrevista coletiva ao reclamar da programação e do diretor do torneio, Craig Tiley. O 66º do mundo não gostou de ser preterido da Rod Laver Arena.

Tomic constantemente jogou na Rod Laver Arena nos últimos anos, mas na edição deste ano, mesmo chegando às oitavas, não fez nenhuma partida na quadra central.

"Eu acho que a programação esse ano foi ridícula. Eu não sei quem estava no comando esse ano, mas você vê alguns jogos lá e dizia "Wow, como é possível?'. Não me importo de jogar na Central, mas olhava a programação na Rod Laver e pensava: 'Que inferno é isso?'. Eu não entendi algumas coisas, mas você tem que perguntar isso ao Craig Tiley. Ele é o responsável por isso. Aparentemente, ele é o melhor", ironizou.

Além da polêmica, Tomic elogiou Berdych, seu algoz na partida com parciais de 6/2 7/6 6/2: "Ele jogou muito bem desde o início, aliás, como sempre faz. Ele começou muito bem e quando você não consegue conter seu ímpeto no início do jogo fica muito difícil depois. Não fiz um jogo ruim, mas ele foi muito melhor. Não posso reclamar. Não havia muito o que eu pudesse fazer".

O australiano de 22 anos traçou ainda sua meta a curto prazo no circuito: chegar pela primeira vez ao top 20 no ranking.

"Estou feliz com meu desempenho aqui em Melbourne e agora estou ansioso pelos próximos meses. Vou jogar Memphis, Delray Beach, Acapulco e a Davis. Não descanso até Wimbledon. Até lá não defendo nada, por isso quero chegar ao top 20. Com os pontos daqui já vou subir para cerca de 45, 40 do mundo, depois são mais 20 posições. Se eu ganhar um título nesses torneios 250 que disputo já chegarei muito perto. Esse é meu objetivo agora", finalizou.
banner
banner