X

Murray não se importa em jogar na quadra central e elogia Dimitrov

Sexta, 23 de janeiro 2015 às 15:25:07 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Após superar o português João Sousa por 6/1 6/1 7/5 na terceira rodada do Aberto da Austrália, o britânico Andy Murray, atual número seis do mundo, comemorou a sólida atuação e ainda elogiou o búlgaro Grigor Dimitrov, seu algoz em Wimbledon no ano passado e próximo rival em Melbourne.

"Joguei muito bem hoje. Consegui ditar o ritmo dos pontos e controlar a partida da linha de base. Bati bem na bola. Foi um bom desempenho", avaliou."Grigor será um jogo difícil. Ele é muito talentoso e jogou bem no último ano. Ele é um dos jovens mais talentosos do circuito e está motivado a provar seu valor. Espero que eu possa fazer um bom jogo e tornar as coisas difíceis para ele".

Mesmo já tendo feito três finais em Melbourne, Murray ainda não foi escalado para jogar na Rod Laver Arena, a principal do Melbourne Park. Até agora ele só atuou na segunda e terceira mais importantes, a Hisense e a Margaretg Court.

Questionado se a queda de Roger Federer, que vinha jogando na Rod Laver Arena, poderia levá-lo à quadra principal, o natural da Dunblane não se mostrou animado e tampouco expressou esse desejo: "Para ser bem honesto, eu não me importo muito. A Hisense e a Rod Laver são quadras bem semelhantes, a Margareth Court está mais rápida esse ano. Ainda tem o Nadal e os australianos (Bernard Tomic e Nick Kyrgios) do meu lado da chave. Então não sei", finalizou.
banner
banner