X

Seppi joga demais e elimina Federer do Australian Open

Sexta, 23 de janeiro 2015 às 05:01:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Andreas Seppi, número 46 do mundo, jogou o tênis de sua vida nesta sexta-feira e de forma surpreendente eliminou o poderoso Roger Federer, número dois do mundo, na terceira rodada do Australian Open, primeiro Grand Slam do ano, na maior zebra da chave masculina.

Leia Mais:
Djokovic se garante como Nº 1 após o Aberto da Austrália

O experiente tenista de 30 anos que jamais havia derrotado um top 10 num Grand Slam superou o suíço dono de quatro títulos em Melbourne por 3 sets a 1 com parciais de 6/4 7/6 (7/5) 4/6 7/6 (7/5) após 2h57min de duração.

Seppi havia perdido todos os dez jogos que havia feito contra Federer tendo vencido apenas um set e o natural da Basileia chegava confiante após vencer o ATP de Brisbane, na Austrália, arrebatando sua milésima vitória.

É a primeira vez que Federer perde antes das oitavas na Austrália após 13 temporadas. Ele defendia 720 pontos da semifinal e somará apenas 90 ficando mais distante do posto de número 1 e dando chance a Novak Djokovic abrir uma larga margem.

Nas oitavas de final, Seppi enfrentará o australiano Nick Kyrgios ou o tunisiano Malek Jaziri.

O jogo

Seppi entrou em quadra como franco-atirador e bastante tranquilo e sereno, disposto a interromper a série vitoriosa do adversário contra si. Muito firme na linha de base, acertou dez winners e errou sete bolas quebrando no nono game e salvando três breaks contra para fechar com bom saque por 6/4 em 35 minutos.

O italiano saiu quebrando por 2/1 na segunda etapa, mas viu Roger mudar o ritmo, ir pra rede, volear bem e virar. Seppi tornou a quebrar fazendo 5/4 com um golpe de vista equivocado e excesso de confiança de Roger, mas Federer fez belo game e com sorte, bola na fita e do lado do rival, devolveu a desvantagem. No tie-break Roger apertou na devolução, abriu 4 a 1, mas a calma do adversário o permitiu virar para 6 a 5 e abaixar bola na rede. Federer errou voleio e perdeu a segunda parcial por 7/6 (7/5) após 54 minutos.

Na terceira etapa Roger se concentrou, foi pra cima e contou com a baixa de intensidade do oponente para quebrar e abrir 3/1. Sacando melhor, Federer conduziu bem o set para fazer 6/4.

Na quarta parcial Roger teve um break logo no primeiro game, mas Seppi fechou a porta e a parcial foi saque a saque e bastante tensa com alto nível nas trocas de bola no fundo, voleios do suíço. No 5/6 e saque, Federer segurou um game com 30/30 e 40/40 e pontos precisos e levou ao tie-break. Ele largou na frente, abriu 3 a 1, viu Seppi equilibrar, fez 5 a 4 e teve dois saques, mas cometeu um erro e viu Andreas ir com tudo pra cima com winner de direita para ter o match-point e saque. Roger devolveu firme, acelerou a direita, grudou na rede, mas Andreas tirou uma passada da cartola quase que na junção das linhas de fundo e lateral para celebrar a incrível façanha: 7/6 (7/5).
banner
banner