X

Sharapova salva dois match-points e vira batalha improvável na Austrália

Quarta, 21 de janeiro 2015 às 03:00:23 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Número dois do mundo, Maria Sharapova esteve por um fio, no fundo do poço, mas saiu das cordas para conseguir uma improvável virada e se garantir, nesta quarta-feira, na terceira rodada do Australian Open, primeiro Grand Slam do ano, vencendo por 6/1 4/6 7/5, Alexandra Panova, em 2h32.

A campeã de 2008 começou o primeiro set sem dificuldades e sem dar chances à Pandova, 150ª, e, em menos de meia hora, conseguiu fechar em 6/1. Porém, no começo do segundo set, a história mudou, e, sendo quebrada no seu primeiro serviço, a vida da musa começou a se complicar no jogo a partir daí.

A vice-líder viu seus serviços serem quebrados pela compatriota e duplas-faltas aparecerem. E sem o controle de suas jogadas, Sharapova se perdeu no jogo. O que parecia ser fácil, não foi. Apesar de salvar dois set points na segunda etapa, a tenista da Sibéria lutou em vão e sua compatriota venceu o segundo set por 6/4, empatando a partida.

No terceiro set, aconteceu a surpreendente virada, e depois de estar perdendo por 4/1, Maria conseguiu forças para reverter a situação. Foi valente ao salvar dois match-points no 5/4 quando a adversária sacava, ambos com winners e devolveu a quebra. Assim, arrancou para fechar a partida em 7/5.

A próxima adversária na 3ª rodada será a vencedora do confronto entre Anna Schmiedlova, 73ª, e Zarina Diyas, 31ª. Sharapova segue com o objetivo de alcançar o topo do ranking.
banner
banner