X

Federer minimiza derrotas de Nadal e Djokovic: 'Eles são favoritos na Austrália'

Sexta, 09 de janeiro 2015 às 12:17:25 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Roger Federer, número dois do mundo, comemorou o que foi uma das mais rápidas vitórias de sua carreira, nesta sexta-feira, ao marcar 6/0 6/1 sobre o australiano James Duckworth, 125º colocado, para se garantir nas semifinais do ATP 250 de Brisbane, na Austrália.

"Fiquei muito feliz com a maneira com a qual joguei. Joguei de forma muito agressiva, saquei bem e mantive a pressão seguidamente na devolução. Eu fiquei fugindo no placar", destacou o tenista que vai buscar sua segunda final seguida diante do búlgaro Grigor Dimitrov, 11º.

Na estreia, na quinta-feira, Federer havia precisado de 2h15min para bater o também local John Millman onde esteve em apuros com 6/4 3/1 abaixo: "Fiquei muito feliz, economizei energia e estresse, nervos e tudo porque ontem foi muito nervoso e fisicamente difícil já que havia sido minha primeira partida do ano. Você sempre fica mais tenso neste jogo".

Federer também foi questionado sobre as precoces derrotas de Rafael Nadal e Novak Djokovic em Doha, no Qatar. Enquanto o espanhol perdeu para o 127º do mundo, o alemão Michael Berrer, na primeira fase, o sérvio caiu diante de Ivo Karlovic, 27º, nas quartas.

“Acredito que há um grupo de jogadores que podem quebrar de novo e fazer coisas especiais. Acho ainda muito cedo na temporada só porque Novak e Rada perderam em Doha que há algo no horizonte. Não leio nada disso por esses resultados. Acho que eles serão duros de se bater e favoritos no Australian Open, para ser honesto".

"Tivemos grandes séries do Marin Cilic, Kei Nishikori e Stan Wawrinka ano passado, mas fazer é mais fácil do que defendê-las".
banner
banner