X

Desolado com derrota na Davis, capitão francês admite erros

Domingo, 23 de novembro 2014 às 16:48:48 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Após a derrota em casa para a Suíça por 3 pontos a 1, os o capitão Arnaud Clement e Richard Gasquet, que foi superado pelo suíço Roger Federer por 3 sets a 0 no ponto decisivo, falaram sobre a partida e sobre planos para a temporada 2015 da Copa Davis, em coletiva.

“Eu joguei o que pude, mas obviamente estou muito desapontado com o resultado, pois é muito difícil perder diante da minha torcida em três sets,” lamentou Gasquet. “Eu tentei levar ao quarto, ao quinto, mas o Roger é o Roger, é difícil para mim assumir esta noite, mas ele fez uma partida impecável. Já jogamos muitas vezes um contra o outro, mas esta foi a melhor partida que ele fez contra mim.”

“Eu tentei crescer durante a partida, tentei quebrar o saque dele, mas ele foi bom demais, sacou bem demais. E foi uma derrota em 3 sets, é sempre muito difícil, ainda mais numa final da Copa Davis na frente de 27 mil pessoas. Eu me sinto muito culpado, pois obviamente minha vitória teria feito alguma diferença. Então só quero pedir desculpas e dizer que tentei meu melhor, mas hoje Federer foi muito melhor que eu,” concluiu o tenista francês.

Ex-tenista e contemporâneo de Roger Federer, o capitão Arnaud Clement comentou que tentou algumas alternativas com Gasquet ao longo da partida, mas nenhuma delas surtiu efeito contra o volume de jogo apresentado por Federer.

“É muito difícil para mim, pessoalmente, assimilar essa derrota, mas especialmente para a equipe, pois era um sonho para nós vencer essa competição nesta arena. Infelizmente não foi esse o caso, a equipe suíça foi muito bem e mereceram demais o título.”

“Eu tentei junto com Richard tentar encontrar uma solução para a partida, mas não foi possível, Roger jogou bem demais hoje. Independentemente do resultado, nós temos um grande grupo, muito unido, muito bem relacionado e tenho certeza que estaremos preparados ano que vem para tentar novamente,” seguiu o capitão mostrando estar arrependido com a escalação da equipe para o final de semana.

"Vou me questionar e pensar em como poderia ter sido melhor estrategicamente antes do confronto, durante sessões de treino e partidas. Preciso melhorar no futuro, mas no momento penso que a Suíça foi o melhor time durante todo o final de semana".
banner
banner