X
banner

Fabiano de Paula supera chileno e atinge as 4ªs em Lima

Quinta, 20 de novembro 2014 às 18:36:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Fabiano de Paula (Estácio/Correios), atleta da equipe Tennis Route, do Rio de Janeiro, conseguiu uma ótima vitória nesta quinta-feira e se classificou para as quartas de final do torneio challenger de Lima, no Peru, competição que distribui US$ 50 mil, jogado no piso de saibro.

O carioca da comunidade da Rocinha, número 309 do ranking mundial e sexto melhor do Brasil, superou o talentoso chileno Christian Garin, de 18 anos e 297º colocado, campeão juvenil de 2013 de Roland Garros, por um duplo 6/3: "Sai perdendo 3/1 e fez cinco games seguidos . No segundo set quebrei ele no 2/2 e depois no 5/3 novamente. Exalto mais uma vez a parte mental e intensidade. Foram minhas armas principais além de Deus que me proporciona a chance de seguir na briga pelo título", comemorou o tenistaque encara o dominicano Jose Hernandez, 320º e algoz do cabeça 1, o italiano Paolo Lorenzi, ou o espanhol Daniel de la Nava, 215º.

Marcelio Demoliner (Estácio/Asics), gaúcho de Caxias do Sul e também atleta da Tennis Route, está na semifinal de duplas. Ao lado do venezuelano Roberto Maytin, ele derrotou os chilenos Garin e Juan Saez por 6/1 6/0 e lutam por vaga na decisão contra os espanhois Ruben Hidalgo e Daniel de la Nava.

A Tennis Route, idealizada por Rogério Melzi tem a coordenação administrativa de Miguel Tepedino e técnica dos sócios, Eduardo "Duda" Matos, João Zwetsch e Walter "Gringo" Preidkman, contando com cerca de 20 atletas entre eles Fabiano de Paula e Marcelo Demoliner. A Academia, que está situada no Rio de Janeiro, no Recreio dos Bandeirantes em anexo ao hotel Atlântico Sul, é patrocinada pelas empresas Estácio, Oi, Unimed, Pró-Tênis Barra e Bichara Advogados além do staff citado acima, conta com treinadores assistentes, rebatedores, preparador físico, e fisioterapeutas e de suporte nas áreas de medicina esportiva, psicologia, e nutrição. A infraestrutura segue recebendo investimentos em melhorias com o objetivo de tornar o ambiente cada vez mais propício ao desenvolvimento do esporte. E, falando em ambiente, o clima entre os atletas, membros da equipe, patrocinadores, e apoiadores, segue como um dos pontos fortes desse projeto que cada vez mais ocupa seu espaço no tênis brasileiro.
banner
banner