X

Com febre, Bellucci lamenta baixa produção em final, mas se diz animado

Domingo, 28 de setembro 2014 às 17:36:50 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A excelente semana no Challenger de Orleans, na França, rendeu ao paulista Thomaz Bellucci (Correios/ adidas/ Wilson/ Embratel) o vice-campeonato em simples e o título nas duplas ao lado do mineiro André Sá. Neste domingo uma febre de 38,5 graus atingiu o tenista.

O número 1 do Brasil começou o domingo disputando a decisão da chave de simples e foi superado pelo ucraniano Sergiy Stakhovsky, 90º do ranking, por 2 sets a 0, parciais de 6/2 7/5. "Hoje não consegui render o quanto precisava para sair daqui com o título", lamentou Bellucci.

Mesmo com o revés, Bellucci exaltou a semana na França principalmente pelo desempenho obtido no piso duro. "Foi uma semana incrível aqui. Joguei do jeito que eu buscava, em bom nível, confiante e motivado", declarou o canhoto de 26 anos, que não disputava uma final em quadra rápida desde outubro de 2012 quando foi vice-campeão do ATP 250 de Moscou.

Os 75 pontos serão suficientes para recolocar Bellucci novamente no top 70 da lista atualizada nesta segunda-feira. Por isso, o paulista se mantém ainda mais otimista para os torneios por vir na sequência da temporada. "Esse foi só o primeiro torneio dessa gira. Vou por muito mais", afirmou.

Horas mais tarde, Bellucci retornou à quadra junto com o mineiro André Sá para a decisão de duplas. E, assim como aconteceu ao longo da semana, a dupla mostrou entrosamento nos momentos importantes e ficou com o título ao bater a parceria formada pelo norte-americano James Cerretani e o sueco Andreas Siljestrom, por 5/7 6/4 10-8.

É o primeiro título de Bellucci em 2014, sendo o primeiro nas duplas desde julho do ano passado quando faturou o ATP 250 de Stuttgart junto com o argentino Facundo Bagnis. "Foi muito bom voltar a jogar duplas e já ser campeão. Espero que eu e o André tenhamos outro bom resultado em Mons", disse Bellucci.

De Orleans, Bellucci segue na manhã desta segunda-feira para Mons, na Bélgica, onde disputa o challenger local, novamente sobre o piso rápido. Cabeça 5, o paulista estreia em simples contra o francês Kenny de Scheppers, provavelmente na terça ou quarta-feira.

Nas duplas, Bellucci e Sá terão duro desafio logo na estreia ao enfrentarem os principais favoritos ao título, a parceria do alemão Andre Begemann e o austríaco Julian Knowle.
banner
banner