X

Murray salva 5 match-points e fica com título em Shenzhen

Domingo, 28 de setembro 2014 às 09:17:58 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O escocês Andy Murray, 11º do ranking da ATP, precisou se superar muito para bater o espanhol Tommy Robredo, 22º, de virada e ficar com o título do estreante ATP de Shenzen, na China. Murray salvou cinco match-points no segundo set e garantiu seu primeiro troféu na temporada.

O campeão de Wimbledon 2013 e convidado da organização batalhou por 2h30 para fechar o placar em 5/7 7/6 (9) 6/1 tendo convertido dez aces contra quatro de Robredo, que venceu 69% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 73% do escocês.

A partida foi tensa e com muitas quebras de saque. No primeiro set vantagem de quebra para Murray e Robredo foi buscar, igualou o placar e conquistou novo breakpoint primordial para fechar a parcial.

Na segunda etapa o jogo foi mais disputado, com games longos e uma quebra de saque em sequência para cada tenista. O jogo foi se alongando e os dois tenistas passaram a sentir muito o calor e a alta umidade. No tiebreak Robredo abriu 6/2 com muita superioridade, mas errou, sentiu o físico com duas horas de jogo e perdeu cinco match-points. Murray lutou e virou o tiebreak para alegria do público local.

O terceiro set foi rápido e mais tranquilo para o escocês, que viu o rival não se recuperar fisicamente e por isto errar muito. Foram três quebras de saque para Murray consolidar seu título.

Em sua primeira final no ano e 39ª da carreira, Murrray buscou exortar os fantasmas de uma temporada difícil, a qual iniciou voltando de uma cirurgia nas costas. Shenzen é o 29º título da carreira do escocês medalhista de ouro em Londres 2012.

Já o veterano espanhol buscava aos 32 anos seu 13º título na carreira. Este é o segundo vice-campeonato do ex-top 5, que também perdeu a final do ATP de Umag, na Croácia, para o uruguaio Pablo Cuevas.
banner
banner