X

Berlocq e Schwartzman decidem título em Porto Alegre

Sábado, 27 de setembro 2014 às 19:58:05 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Os argentinos Carlos Berlocq, 67º do ranking da ATP, e Diego Schwartzman, 88º, decidirão o título do Challenger de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Dois principais favoritos ao título, se enfrentam nas quadras do Sogipa a partir das 11h deste domingo.

Foto: Arquivo
Neste sábado, Carlos Berlocq venceu o francês Gianni Mina em dois sets, parciais de 6/1 e 6/2. Diego Schwartzman chega à final após vencer o compatriota Guido Andreozzi também por 6/1 e 6/2.

Na primeira semifinal do dia, Schwartzman venceu Guido Andreozzi, sexto melhor ranqueado, em uma hora e dois minutos. “Venho de uma sequência de vitórias deste Campinas, onde conquistei o título. Isso tem me deixado muito seguro, e as coisas que eu venho tentando dentro de quadra estão dando certo”, afirmou após a partida.

Aos 22 anos Diego Schwartzman é o 88º colocado no ranking mundial. Nesta temporada conquistou três torneios da série Challenger, o primeiro na França, em maio. Em agosto venceu em Praga, na República Tcheca, e no último domingo venceu em Campinas (SP). “Estou vencendo partidas em sequência. Para amanhã quero descansar para chegar à final nas melhores condições”, ressaltou o tenista.

Na segunda semifinal Carlos Berlocq venceu o francês Gianni Mina, em jogo decidido em uma hora e 20 minutos. Para Berlocq, o placar não refletiu a dificuldade da partida. “Foi um jogo duro. Venci porque consegui me impor nos momentos decisivos”, destacou o jogador de 31 anos, que ocupa a posição número 69 no ranking mundial. Neste ano, o tenista venceu o ATP 250 de Oeiras, em Portugal, em maio.

O duelo de compatriotas reúne a experiência de Berlocq e a juventude de Schwartzman. Os dois atletas nunca se enfrentaram, mas já treinaram juntos para defender a Argentina na Copa Davis. “Ele é um jogador em ascensão, vem muito bem. Será um jogo muito difícil”, disse Berlocq. “Ele vai usar toda a experiência dele. É um ótimo jogador, e acredito que faremos um ótimo jogo”, avaliou Schwartzman.

Schwartzman e Berlocq nunca se enfrentaram no circuito profissional. Texto: Assessoria de Imprensa
banner
banner