X

Capitão torce por duelo em casa no Grupo Mundial

Segunda, 15 de setembro 2014 às 19:48:03 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Após derrotar a Espanha no Playoff do Grupo Mundial da Copa Davis no último fim de semana, derrubando a equipe pentacampeã da Espanha, o Brasil conheceu nesta segunda-feira os possíveis adversários na primeira rodada que acontece entre 6 e 8 de março de 2015.

A Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou nesta segunda-feira o novo ranking mundial da Copa Davis e sorteará a chave da competição na quinta-feira, 18 de setembro, às 12h (de Brasília), na ITF AGM em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A definição terá transmissão ao vivo pelo site oficial da Copa Davis (www.daviscup.com).

Atual 17º do ranking ITF, subindo três posições após derrotar a Espanha por 3 a 1 no Playoff do Grupo Mundial em São Paulo, no último fim de semana, o Brasil enfrentará um dos oito cabeças de chave definidos na seguinte ordem: França, Suíça, República Tcheca, Sérvia, Argentina, Itália, Estados Unidos e Canadá.

O time comandado pelo capitão João Zwetsch joga em casa se o adversário for Estados Unidos, Itália, República Tcheca ou Suíça. O confronto será fora de casa se o oponente for Argentina, França ou Canadá. Se a Sérvia for definida como adversária, o local será definido em sorteio.

Zwetsch não tem preferência por adversário, mas afirma que a torcida é para poder jogar novamente em casa depois de o time brasileiro ter conseguido bater uma potência como a Espanha jogando em São Paulo.

"A preferência para nós é jogar em casa. É a preferência que a gente tem sempre. Todos os times do Grupo Mundial são muito fortes, pode ter alguns mais fortes que outros, mas vamos torcer para jogar em casa de novo”, afirma o capitão brasileiro.

Além do Brasil, os outros países que intetram o Grupo Mundial 2015 da Copa Davis são Alemanha, Austrália, Bélgica, Cazaquistão, Croácia, Grã-Bretanha e Japão.

A próxima temporada será a 13ª do Brasil no Grupo Mundial da Copa Davis desde que foi criado este grupo. A última vez que o país esteve na elite foi em 2013, quando perdeu na primeira rodada para os Estados Unidos, em Jacksonville (EUA), depois de ter batido a Rússia no Playoff de 2012.
banner
banner