X

Marrero e Lopez exaltam atuação de Melo e Soares

Domingo, 14 de setembro 2014 às 01:27:21 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Ariane Ferreira e Fabrizio Gallas - Os duplistas espanhóis Marc López e David Marrero exaltaram a boa e por eles esperada atuação dos brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares. Os espanhóis, que jogaram juntos em 2010 e 2011, reconheceram pontos fracos e a falta de entrosamento.

Lopez foi questionado sobre o fato de ter que todas as quebras dos brasileiros aconteceram em seus games de serviço: "Meu saque é o que é. É o pior golpe que tenho", decretou com bom humor. "Mas não acredito que eles tenham conquistado as quebras apenas porque meu saque foi ruim. Temos que dar créditos a eles. Todas as semanas jogo com este saque, umas vezes dá certo outras não".

Marrero disse diretamente a Moyá durante a resposta de Lopez: "Você viu, eles estavam mais sólidos que nunca".

Questionados pela falta de entrosamento, já que não jogam o circuito de duplas juntos e possuem parceiros com características diferentes entre si e em comparação aos dois - Lopez joga o circuito ao lado de Marcel Granollers, com quem ganhou o ATP Finals 2012, e Marrero joga ao lado de Verdasco, com quem conquistou o Finals em 2013.

"As diferenças de David (Marrero) e Marcel são poucas taticamente. Com Marcel jogo de fundo, mas em 2010, 2011 também jogava de fundo com David. Acredito que seja pior pra ele que joga sem Fernando (Verdasco), que é um tenista muito melhor que eu, infinitamente melhor. E eu sinto falta do Marcel porque ele saca mais pesado e rápido, ajuda na rede. Mesmo assim, formamos uma grande duplas juntos, mas temos que reconhecer que jogamos contra grande jogadores, que eles foram melhores. Não há desculpas, nos conhecemos e nos preparamos. Eles foram melhores, é simples assim. Eles são grandes jogadores, perdemos pros melhores", decretou López.

Marrero brincou com o companheiro: "Jogar com Marc me faz sentir-me bonito. A grande diferença entre ele e Fernando, é que Fernando é muito mais bonito e isso me deixa mais bonito agora".

Sobre a parte tática, Marrero também deu seu parecer: "Um jogo com Fernando seria completamente diferente, mas nós nos preparamos. Marcelo e Bruno estava muito sólidos e isso complica".

Para finalizar o papo com a imprensa, López tomou a palavra: "Queria destacar pra você: se eu estivesse jogando hoje com Marcel, ele bem fisicamente inteiro, teríamos perdido da mesma forma. Particularmente não estive bem neste jogo".
banner
banner