X

Bellucci se diz preparado e aposta em inexperiência de rivais

Quinta, 11 de setembro 2014 às 14:12:58 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Fabrizio Gallas - Thomaz Bellucci, número 83 do ranking e principal esperança de pontos do Brasil nos jogos de simples, se disse preparado para aguentar a pressão por liderar o time, a questão física e aposta na inexperiência dos rivais na Copa Davis.

Leia Mais:
Rogerinho: 'Davis é sempre pressão'
Capitão aposta na superação de Rogerinho

O Brasil enfrenta a Espanha a partir desta sexta-feira, às 16h, com Rogério Dutra Silva abrindo contra Roberto Bautista Agut, 15º e que fará apenas seu segundo confronto de Copa Davis, e Thomaz fazendo o segundo jogo diante de Pablo Andujar, 44º, que estreia em confrontos por seu país.

"Estou super preparado buscar a vitória, a torcdia é um fator importante e vai pesar para o nosso lado. É a primeira vez do Pablo numa Copa Davis, não tem experiência e a parte emocional é importante nessa competição, ele pode render mais ou também menos", disse o brasileiro que se disse pronto para aguentar duas batalhas na sexta e também domingo contra Agut. O paulista tem 2 a 2 contra Andujar e apenas um duelo foi definido em sets diretos com um vencido pelo brasileiro no quinto set em Roland Garros 2010 e outro em quatro sets no US Open de 2012 com triunfo do rival.

"Espero jogo complicado, ele já teve bons resultados esse ano, foi campeão em Gstaad com condições parecidas com a de São Paulo. Pablo é solido no saibro, nos respeitamos, mas nunca jogou com torcida contra em Davis, é perigoso". Sobre Bautista Agut, Thomaz nem lembrava que havia perdido por 3 sets a 0 ano passado no US Open, mas apontou: "Ih é verdade, levei um pau dele lá, nem lembrava direito (risos). Já treinei com ele algumas vezes, as condições diferentes aqui são diferentes do que lá, Copa Davis é diferente, estamos jogando dentro de casa, torcida contra pode fazer diferença pro nosso lado."
banner
banner