X

Nishikori admite nervosismo, mas diz: 'Não esperava nada daqui'

Segunda, 08 de setembro 2014 às 22:41:42 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Kei Nishikori, vice-campeão do US Open, lamentou certo nervosismo em sua primeira final de Grand Slam na noite desta segunda-feira, mas comemorou as duas boas semanas e a inesperada final após chegar voltando de lesão em Nova York. O tenista destacou o nível e o físico.

"Levo muita coisa positiva que aprendi nessas duas semanas. Hoje foi uma de minhas piores partidas, mas ele estava muito agressivo e rápido. Eu estava um pouco nervoso, era primeira final, havia sido primeira semi, mas foram semanas empolgantes. Na verdade não esperava nada quando cheguei aqui, antes havia me machucado um pouco nos treinos. Mas tiro essas semanas como positivas, bati o Stan (Wawrinka) e o Novak (Djokovic)", disse o asiático que ouviu palavras de incentivo do técnico Michael Chang, que foi campeão de Roland Garros e número dois do mundo: "Estavamos chateados hoje, mas ninguém esperava que alcançasse a final, ninguém. Nem eu mesmo esperava antes do torneio começar. Ele só me falou para seguir trabalhando duro".

Nishikori destacou sua confiança tanto no tênis como no físico para bater qualquer um no circuito como principal aprendizado: "Joguei três longas partidas, duas de cinco sets, depois uma longa contra o Novak. Meu corpo estava pesado, mas ainda capaz de jogar. Anos atrás isso não acontecia. Mostrei meu potencial que posso bater qualquer um agora. Se mantiver treinando duro, terei mais chances".

Nishikori se disse feliz por estar fazendo história em seu país ao ser o primeiro na final de um Slam: "Vi muitas notícias no Japão. O tênis não é o maior esporte lá, no feminino sim, mas de homens não, nunca chegaram tão longe. Estou muito feliz por ir tão longe e fazer história, espero ganhar da próxima vez".

Os objetivos estão claros para ele, se garantir no ATP Finals. Ele está no limite com a oitava colocação do ranking: "Espero que essa experiência ajuda para esta, a próxima temporada e o futuro. Esse ano queri me classificar para o Masters (Finals), é meu objetivo agora".
banner
banner