X

Cilic lembra legado de Wawrinka e destaca tênis mais competitivo

Domingo, 07 de setembro 2014 às 10:53:26 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Marin Cilic, número 16 do ranking, que disputará a improvável decisão do US Open nesta segunda-feira diante do japonês Kei Nishikori, 11º colocado, destacou o fato do ano 2014 estar mamrcando uma mudança de poder no tênis. Ele lembrou o suíço Stan Wawrinka.

"É um pouco de mudança esse ano considerando todos os últimos anos com os top 4 sempre fazendo finais", disse Cilic: "(Stan) Wawrinka abriu as portas para os jogadores de 'segunda linha' e acho que a maioria tem maior crença que podem fazer isso nos Grand Slams. Somente aqui oKei bateu o Wawrinka, Novak e o Milos (Raonic)e está jogando um tênis incrível. Será muito interessante os próximos Slams".

Cilic continuou comentando o legado de Wawrinka no Australian Open. Lá ele derrotou Djokovic e depois Nadal na final: "Só ser capaz de vê-lo batendo os tops. Ano passado ele fezsemis aqui, esteve perto. E deu um grande salto nesse curto tempo. Não é que depois disso passei a pensar que poderia, mas sim trabalhar duro para tornar possível. Trouxe algo diferente ao circuito", seguiu Marin após derrotar Roger Federer por contundentes 6/3 6/4 6/4 na semi de Nova York.

"A competição está ficando maior. Os jogadores de segunda linha estão se aproximando e chegando com mais frequência nas rodadas finais dos torneios. Eles só ficarão melhores, não piores. A competição ficará extremamente difícil, dando mais oportunidades a todos."

Apesar da maior competitividade, Cilic destaca as chances de Roger Federer vencer seu 18º Slam: "Nunca devemos tirar o Federer fora dos Grand Slams. Ele é extremamente consistente nesses grandes eventos. Mostrou isso nos últimos meses, na temporada de grama e agora com as semis. Vai conseguir, mais cedo ou mais tarde, acredito. Ele pode ganhar alguns mais".
banner
banner