X

Nishikori: 'Estou surpreso, mas nem tanto'

Sábado, 06 de setembro 2014 às 20:20:15 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Ao se tornar o primeiro asiático da história a chegar à final de um torneio do Grand Slam, o japonês Kei Nishikori disse não estar muito surpreso com a sua grande partida e chegada à final. O japonês falou sobre sua evolução física e a ajuda de Michael Chang neste trabalho.

Perguntado se estava surpreso com sua performance, o japonês respondeu: "Talvez um pouco, mas nem tanto. Eu estava preparado para jogar contra este tipo de jogador sempre. Especialmente este ano, em que estive jogando muito bem. Entrei na final de um Masters e tenho batido este tipo de cara. Mas eu sabia que estava um pouco nervoso, fui ficando nervoso, era minha primeira semifinal aqui. Acho que tinha a confiança para o jogo de hoje. Eu estava jogando bem, muito agressivo e não esperando pela bola. Independente de Nova, estava fazendo o meu jogo. Tudo funcionou hoje", considerou.

Nishikori foi questionado sobre sua melhora física e comentou que nesta temporada sua equipe se focou nos trabalhos físicos para evitar os quadros recorrentes de lesão que o assolaram durante toda a carreira. O japonês que não resistia a um ritmo de muitas partidas consecutivas disse estar "forte fisicamente".

Perguntado se teria físico para jogar a final de segunda-feira, Nishikori disse não ter certeza e afirmou que os dois dias entre a quartas de final e a semi o ajudaram. "Não é fácil jogar dois melhores de cinco sets em quatro horas cada", resumiu ponderando que a partida de hoje "foi desgastante".

O japonês comentou auxílio que o campeão de Roland Garros, Michael Chang, têm lhe dado na carreira: "Ele tem me ajudado muito desde o ano passado, inclusive mentalmente. Tem me ajudado a ser um pouco mais agressivo e tem me dado muito mais confiança. Às vezes eu preciso muito dele, que me dê "aquele" empurrão".

banner
banner