X

Jogar a Copa Davis seria delicado para Nadal, afirma médico espanhol

Segunda, 01 de setembro 2014 às 14:13:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Ariane Ferreira - O espanhol Rafael Nadal, vice-líder do ranking da ATP, está com a cabeça em Pequim, na China, e em virtude de sua lesão no punho não deve compor o time do capitão Carlos Moyá para enfrentar o Brasil pelos playoffs da Copa Davis.

Um médico espanhol ouvido pela equipe do Tênis News e especializado em reumatologia direcionada à prática esportiva, afirmou que de acordo com as informações cedidas pela equipe do Eneacampeão de Roland Garros sobre a lesão "é muito difícil que o punho resista a uma partida de cinco sets no saibro", pois de acordo com o médico catalão: "jogos de cinco sets no saibro exigem muito mais do físico".

O médico, que por questões de contrato pediu para não ser identificado na reportagem, não faz parte da equipe que trabalha com Rafa Nadal e sim de outros atletas do esporte, mas deu sua opinião do ponto de vista clínico e procurou ressaltar: "Cada caso é um caso. O corpo tem maneiras diferentes de responder a tratamentos e sabemos bem que Rafa tem uma capacidade incrível de recuperação, mesmo assim, a pré-ruptura está na lateral do punho, é uma situação delicada à prática esportiva".

O jornalista Jesús Minguéz, da versão online do jornal AS, cravou no meio da semana passada que "Nadal não se recuperaria a tempo" de ser convocado pelo amigo e capitão espanhol Carlos Moyá.

Jornalistas espanhóis não cravam, mas o pensamento do espanhol estaria na disputa do ATP 500 de Pequim, na China, onde Rafa defende o título e que acontecerá na última semana de setembro.

Há menos de 24 horas para o anúncio de Moyá, Nadal treinou em Mallorca em quadras rápidas, informou a rede de televisão local IB3. Esta, para especialistas em tênis da Espanha seria uma mostra de que Rafa já teria dito "não" a Moyá.

O prazo final para a convocação dos times para os confrontos de Playoffs da Copa Davis e semifinais do Grupo Mundial acontece nesta terça-feira, 02 de setembro. Moyá fará o anuncio em Nova York,de acordo com informções da federação local. Pelo lado do Brasil, o capitão João Zwetsch anunciará o time na manhã desta terça-feira em São Paulo.

Em seu primeiro ano como capitão, Carlos Moyá precisa manter a pentacampeã Espanha no Grupo Mundial, mas já sabe que não poderá contar com seus dois principais jogadores, já que no último domingo David Ferrer relatou mal estar e alterações drásticas em seu ritmo cardíaco na derrota para Gilles Simon pelo US Open e se retirou como possível convocado para o confronto.
banner
banner