X

Sant´Anna, Neis e Turini furam o quali em Itajaí (SC)

Segunda, 07 de abril 2014 às 16:52:28 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Bruno Sant´Anna (Asics/Correios/Itamirim Clube de Campo/Prince/Colinas Shopping) ficou bem perto de não ter sua vaga na chave principal, mas conseguiu uma incrível virada e irá disputar o torneio challenger de Itajaí (SC), no Itamirim Clube de Campo, local onde treina, evento com premiação de US$ 40 mil e que distribui hospedagem aos tenistas.

O tenista nascido em São José dos Campos (SP) derrotou o sérvio Nikola Ciric por 3/6 7/6 (7/1) 6/3 após 2h17min. Ciric chegou a sacar pro jogo no segundo set, mas Bruno devolveu a quebra, venceu o tie-break e foi superior no set final: "Não comecei bem o jogo, ele é um cara que saca muito bem e não dá ritmo. A partir da metade do segundo set passei a ler melhor o seu serviço e consegui focar no que precisava fazer para conseguir a virada", destacou Sant´Anna que é treinado por Marcos Daniel e Patrício Arnold.

Bruno tem estreia nesta terça-feira na chave principal diante do argentino Facundo Arguello, 123º e segundo favorito ao título: "Será uma partida dura. Preciso entrar intenso e jogar o meu melhor tênis", finalizou.

O catarinense Thales Turini comemorou muito a classificação. Ele venceu o paulista Pedro Sakamoto em sets diretos, parciais de 7/6(7) 6/3. “Eu sabia que essa última partida seria muito difícil, não importando contra quem fosse o jogo. Mas, enfrentar o Pedro foi ainda mais difícil, porque ele é um ótimo tenista. Nós treinamos juntos, nos conhecemos bem, e jogar contra um amigo é ainda mais complicado”, ressaltou o tenista de 24 anos.

Depois de passar pelo qualificatório, Thales Turini espera fazer um bom campeonato. “Meu foco é vencer o torneio. Sei que a disputa será difícil, o campeonato é de alto nível, com bons atletas. Espero continuar jogando, vencendo os meus jogos, para no final levar o título”, ressalta o atleta catarinense que atualmente treina em Florianópolis.

Fabrício Neis foi outro a passar a fase prévia. Ele venceu na final o argentino Gabriel Hidalgo por 6/0 7/6 (7/4) e encara João Souza, o Feijão, sétimo favorito e que volta de lesão no abdômen.
banner
banner