X

Federer sofre incrível virada de Nishikori e cai nas 4ªs de Miami

Quinta, 27 de março 2014 às 00:58:20 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Depois de salvar quatro match-points e bater o número quatro do mundo, David Ferrer, o japonês Kei Nishikori aprontou mais uma e derrotou Roger Federer, quinto do ranking, de virada para garantir classificação às semifinais do Masters 1000 de Miami, na Flórida.

Leia Mais:
Veja como foi a virada do japonês!
Desafio Miami - ÚLTIMOS DIAS - Ganhe uma Raquete Volkl Powerbridge 8! - Veja o Regulamento!

O número 21 da ATP se via abaixo em um set e uma quebra diante do confiante suíço, mas conseguiu reverter o placar para marcar 3/6 7/5 6/4 após 2h08min.

Federer para em sua sequência onde vinha do título no ATP 500 de Dubai, nos Emirados Árabes, e final no Masters 1000 de Indian Wells, na Califórnia, e vai para o nono ano sem atingir a final em Key Biscayne onde foi campeão em 2005 e 2006.

O natural da Basileia perde pela segunda vez seguida para o asiático repetindo o Masters 1000 de Madri, na Espanham no saibro no ano passado.

Por sua vez, Kei repete seu melhor desempenho em Masters de Xangai, na China, em 2011 quando fez semi. Seu rival será Novak Djokovic, número dois do mundo, que marcou 7/5 6/3 sobre o britânico Andy Murray. Os dois também realizarão, na sexta-feira, um tira-teima já que cada um tem uma vitória no confronto direto.

O jogo

Federer começou acelerando no primeiro set, conseguiu a quebra e o 4/1 na terceira chance, mas com baixo percentual de primeiro serviço (38% até a metade do set), foi pressionado na devolução e o japonês retomou a quebra. Todavia suas direitas funcionaram no game seguinte, ele abriu 5/3 e fechou por 6/3.

Federer melhorou o aproveitamento do 1º saque para 50%, andou na frente com quebra em 2/1 e 4/3, mas não conseguia confirmar a vantagem. Jogou com certa insegurança diante dos potentes golpes e contra-ataques do rival e acabou sendo quebrado no fim com erro de esquerda. Nishikori fez 7/5.

Na etapa final a movimentação de Roger não era a mesma e a confiança de Kei só aumentava. Ele teve dois breaks logo no início, bem salvos por Federer colocando pressão e foi confirmando indo bem em dois games de 30/30. No 10º game, Federer sacou pressionado e acusou cometendo dois erros bobos na direita. Com um 0/40 e três match-points, Federer tirou três primeiros saques, os dois primeiros surtiram efeito, no terceiro Nishikori se virou para devolver e na bola seguinte não titubeou, acertou um revés com winner e vibrou com a vitória por 6/4.
banner
banner