X

Soares lamenta dia ruim e destaca união da equipe da Davis

Quarta, 26 de março 2014 às 16:55:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Ariana Brunello, em Miami - Não deu para a segunda melhor dupla do mundo. Bruno Soares e Alexander Peya cairam diante dos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah por 2 sets a 0, parciais de 6/2 7/6 (7/4), nas quartas de final do Masters 1000 de Miami.

Após a partida, que durou 1h13 minutos, Bruno Soares falou com exclusividade ao Tênis News. Segundo o brasileiro, as condições climáticas favoreceram os vice-campeões de Indian Wells.

“Fizemos uma boa participação no torneio. Ganhamos dois jogos bastante complicados e hoje foi um dia muito ruim pra gente pelas condições climáticas. Estava ventando muito e em nenhum momento conseguimos jogar nosso melhor. O mérito é todo deles pois conseguiram jogar bem mesmo diante dessas condições. Mas, no final, o saldo é bom pois tivemos mais uma participação nas quartas de final de um Masters 1000”.

Bruno também falou sobre a expectativa para a próxima etapa da Copa Davis em abril, sobre o desfalque de Thomaz Bellucci e a estreia de Guilherme Clezar na equipe.

“Infelizmente o Thomaz, nosso número 1, não estará na equipe. Mas o Rogerinho vem jogando muito bem e lá as condições são favoráveis a ele. O Gui vai estrear e é um jogador que vem mostrando evolução, está a cada dia melhor. Marcelo e eu vamos com força total. O ponto forte da nossa equipe é a união, sempre conseguimos tirar o melhor de todas as condições que enfrentamos e dessa vez não vai ser diferente, mesmo jogando fora de casa e com a pressão da torcida”.
banner
banner