X

Nishikori salva 4 match-points e se vinga de Ferrer em Miami

Terça, 25 de março 2014 às 16:46:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O japonês Kei Nishikori, 21º da ATP, batalhou por 3h05 contra o espanhol David Ferrer, quarto da ATP, salvou quatro match-points e se vingou do rival o eliminando nas quartas de final do Masters 1000 de Miami. Nishikori aguarda por Roger Federer ou Richard Gasquet.

O pupilo de Michael Chang fechou a partida em 7/6 (7) 2/6 7/6 (9) convertendo quatro aces contra dois do espanhol, que cometeu cinco duplas-faltas contra três do japonês, que bateu 32 bolas vencedoras contra 22 do atual vice-campeão do torneio, que errou menos, foram 40 não-forçados do número dois da Espanha contra 52 de Nishikori.

Refazendo o duelo da fase de quartas de final do torneio ano passado, Ferrer iniciou mal a partida, teve o saque quebrado no terceiro game e seguiu errando muito e pressionado pelo rival. O japonês abriu 4/1 no placar, mas vacilou e viu o natural de Javea igualar no placar em 4/4 e levar o set para o tiebreak, vencido por Kei em dois erros não-forçados do atual vice-campeão do torneio.

Na segunda etapa Ferrer iniciou quebrando o saque do rival, abriu 4/1, com duas quadras e administrou o placar.

No terceiro set o atual vice-campeão do torneio iniciou quebrando o serviço do japonês, mas na sequência com três erros não-forçados cedeu a quebra. Com tudo igual na partida, o pupilo de Chang tentou abrir vantagem, conquistou uma quebra de serviço no nono game e sacando para a partida foi quebrado.

O natural de Javea pressionou e levou a decisão para o tiebreak. Nele, Ferrer teve quatro match-points, todos em erros não-forçados do japonês, que sacando nos dois primeiros, salvou com uma direita na linha, e um ace. O espanhol sacou duas vezes para a partida, sentindo algum desconforto não forçou o serviço e cometeu os erros. Nishikori aproveitou seu primeiro match-point, forçou o serviço e contou com erro do rival para fechar a partida.

Com a derrota, o ex-top 3 perderá 510 pontos referentes ao vice-campeonato em 2013. Ferrer já perdeu o posto de quarto do ranking para Roger Federer na próxima semana e pode cair ainda mais, caso o tcheco Tomas Berdych avance das quartas de finais do torneio, fase que defende.
banner
banner