X

Brasileiros brigam por 4 medalhas nos jogos Sul-Americanos

Sexta, 14 de março 2014 às 00:03:13 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Paula Gonçalves (CBT/Correios/Asics/Steck), tenista pioneira patrocinada pelo Instituto LOB do Tênis Feminino, desde julho de 2005, atingiu uma vaga na semifinal de simples e duplas e irá lutar por medalha nos Jogos Sul-Americanos, em Santiago, no Chile, evento disputado no saibro.

A tenista de 23 anos, atual 300ª no ranking mundial, superou a chilena com o apoio da torcida Daniela Seguel por 2 sets a 1 com parciais de 3/6 7/6 (8/6) 6/0: "Foi um jogo muito duro. Não joguei tão bem no primeiro set, tive muitas chances e não aproveitei. No segundo fui confirmando meu saque e fechei no tie-break. No terceiro fui pra cima, impus meu jogo sem dar chances, muito focada e intensa, brigando por todos os pontos", detalhou a tenista que treina no Centro de Treinamento Kirmayr, em Serra Negra (SP), comandado por Carlos Kirmayr.

Sua rival desta sexta-feira por vaga na final será a peruana Bianca Botto: "Já nos enfrentamos, será um jogo duro, mas estou confiante evou seguir firme, vibrando, lutando por todos os pontos e em busca da medalha".

A tenista natural de Campinas (SP) também brigará por uma medalha nas duplas. Ela e a paulista Laura Pigossi superaram as chilenas Fernanda Brito e Camila Silva por 6/1 5/7 10/7 e enfrentam as venezuelanas Andrea Gamiz e Adriana Perez.

O Instituto LOB Tênis Feminino começou como um projeto inicialmente patrocinado por Richard Wright, foi fundado em 2005 e que já apoiou 25 atletas e diversos torneios femininos pelo país. O Institito LOB tem como patrocinadores a Fundação Lemann, o Centro de Treinamento Kirmayr, e conta com o apoio da Movement e a Interep Car Rental. O projeto LIE tem o patrocínio da Ecovias, Jaguar Landrover e Eliane.

Rogerio Dutra Silva conseguiu mais uma vitória sem perder sets na competição e avançou à semifinal masculina de simples ao passar pelo colombiano Carlos Salamanca com 6/3 e 7/6(4). O adversário de Rogerinho na semifinal será o argentino Facundo Bagnis, cabeça de chave 1 em Santiago, que eliminou o brasileiro Fabiano de Paula nas quartas de final.

Laura Pigossi (Asics/Top Spin/Prince/Correios) não conseguiu avançar na chave de simples e foi superada pela venezuelana Andrea Gamiz com parciais de 6/3 7/5.

Gonçalves e Pigossi voltaram à quadra nas duplas e venceram as chilenas Fernanda Brito e Camila Silva para garantir a semifinal feminina. Valendo uma vaga na final, as brasileiras enfrentam as venezuelanas Andrea Gamiz e Adriana Perez nesta sexta-feira.

Bruno Sant’Anna e Gabriela Cé avançaram às semifinais nas duplas mistas com a vitória por 2 sets a 0 sobre os colombianos Felipe Mantilla e Paula Perez Garcia, com duplo 6/4. Sant’Anna e Cé enfrentam os chilenos Nicolas Jarry e Camila Silva na disputa pela vaga na final.
banner
banner