X

Djokovic estreia contra romeno e se diz confiante apesar de início lento em 2014

Sábado, 08 de março 2014 às 01:20:39 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Pela primeira vez desde 2006, Novak Djokovic chega em março sem conquistas e inicia no próximo domingo sua saga no Masters 1000 de Indian Wells, na Califórnia, diante do romeno Victor Hanescu, 87º, que bateu o francês Stephane Robert, 96º, por 7/5 3/6 6/4.

O sérvio tem bom retrospecto, de 6 a 0, contra o rival, e tenta na Califórnia dar o pulo de gato para um ano com início lento. Ele disputou dois torneios e não fez finais, caindo nas quartas do Australian Open e semi de Dubai.

"Definitivamente tenho um sentimento diferente. Ganhei no Australian Open nas três vezes anteriores e isso afetou minha confiança e nível no início de ano. Esse ano não é o caso", disse o número dois do mundo.

"Mas, de novo, ainda tenho muita confiança pois venho jogando bem. Me sinto bem comigo. Quando se trabalha duro e se confia nos seus instintos, é preciso ter confiança em si mesmo em quadra, assim os resultados virão".

"Poucos pontos decidiram as últimas duas grandes partidas que perdi esse ano. Stan (Wawrinka) jogou o torneio de sua vida e mereceu ganhar este Grand Slam. Reconheci coisas que precisava trabalhar, não só em termos de jogo, mas mentalmente também. Ser capaz de reconhecer que ainda estou no caminho para solucioná-los".

“Indian Wells e Miami é onde quero atingir o topo da performance e que chegar o mais longe possívelpara ter um bom ano".

Esta semana em Indian Wells, Djokovic nãoi está com o alemão Boris Becker, algo já combinado anteriormente. Ele volta a se reunir com o eslovaco Marian Vajda: "Sigo trabalhando com o Boris Becker e até aqui é só o início do relacionamento. Demora um pouco para entender a melhor forma de trabalho e para ele entender como sou como jogador e pessoa. Estamos evoluindo. Conversamos muito. Estamos trabalhando em quadra e estou confiante nessa parceria".
banner
banner