X

Tenista universitário americano assume homossexualidade

Sexta, 07 de março 2014 às 00:00:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O tenista da Universidade americana de Notre Dame, em Indiana, Matt Dooley, revelou sua homossexualidade nesta segunda-feira e contou detalhes de como foi duro tal revelação. O jovem de 22 anos disse ter sido difícil aceitar sua própria condição.

"Dizer gay pela primeira vez foi extremamente difícil e quase constrangedor porque você sabe que a sua vida nunca mais será a mesma. A parte mais difícil foi seguir depois disso", disse Dooley: "Pra mim, pelo menos, toda parte de set foi como 'Não, você não é'. Mas eu falo de crescer. Você aprende a aceitar o que precisa mudar e isso é o que mudei".

Dooley afirma ter tido um ótimo feedback após sua declaração na última segunda-feira em um artigo publicado no Outsports.com de que era gay.

"O dia em que eu queria não mais do que escapar da angústia de vir para minha família, meus amigos e de mim. A morte seria melhor do que aceitar ou revelar que eu era gay", contou Dooley no artigo detalhando que seus técnicos e colegas o impediram dele duas vezes de um suicídio com overdose de remédios.

Ele deixou de lado a família por cerca de sete meses com medo da reação dos mesmos pois tinha dificuldades de aceitar quem era. Não retornou ligações e emails: "Foi uma homofobia interna", contou.

Dooley tomou coragem para contar após o jogador de futebol americano, Michael Sam, revelar o mesmo.

Atletas homossexuais assumidos não são novidades no tênis, ainda na década de 1980 a norte-americana Billie Jean King, assumiu-se gay, anos mais tarde a tcheca Martina Navratilova e a francesa Amelie Mauresmo também disseram publicamente serem gays.
banner
banner