X

Bellucci luta, tem chance, mas bobeia e fica sem final no Brasil Open

Sábado, 01 de março 2014 às 17:38:01 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Depois de ser dominado no primeiro set e ver o jogo perdido no segundo, Thomaz Bellucci, número 108 do mundo, lutou, usou a torcida para virar o placar e ter 4/2 no terceiro set, mas acabou deixando a vaga na final do Brasil Open escapar na tarde deste sábado.

Leia Mais:
Bellucci: 'Não estou decepcionado. Dei meu máximo'
Veja como foi a dramática semi em São Paulo e a final de Dubai
Siga o Tênis News no Twitter

O tenista de Tietê (SP) caiu por 2 sets a 1 diante do argentino Federico Delbonis, 61º colocado, por 2 sets a 1 com parciais de 6/4 6/7 (7/5) 6/4 após 2h09min dentro do caldeirão do ginásio do Ibirapuera em São Paulo.

O brasileiro jogou sua terceira semifinal de ATP no país e perdeu a segunda. Finalista em 2009 na Costa do Sauípe (BA), ele perdeu na semi também em 2012, na capital paulista.

Na partida, Delbonis foi muito bem no primeiro set, conseguiu uma quebra e não deu chances no seu serviço fechando por 6/4. Ele seguiu dominando o jogo e quebrou edo, abrindo 4/2. A torcida então fez papel decisivo atormentando o argentino que sentiu o momento, levou uma quebra com erro. Bellucci foi para o tie-break, viu Delbo marcar 5 a 4 após um equívoco não-forçado, mas marcou três pontos seguidos com erros do hermano e fechou por 7/6 (7/5) colocando incendiando o caldeirão paulista.

Jogando com convicção e diante de um rival errático, Thomaz quebrou e fez 3/1 com três erros e dupla-falta de Delbonis e manteve a vantagem até o oitavo game. Com uma dupla-falta ele permitu o empate e o oponente virou. Delbo retomou a confiança do início da partida, partiu pra cima, abriu dois match-points e com forehand na linha encerrou a contagem e frustrou as pretenções do público e do tenista nacional.

Apesar da derrota, Thomaz somará 90 pontos e pulará ao 86º lugar do ranking. Delbonis disputa sua segunda final de ATP repetindo o feito de Hamburgo, Alemanha, em 2013, quando bateu Roger Federer na semifinal e foi vice perdendo match-points diante do italiano Fabio Fognini. Ele encara o surpreendente italiano Paolo Lorenzi que viu o alemão Tommy Haas, 12º, desistir com dores no ombro.

O Brasil segue o jejum sem conquistas de ATP em simples no país. Gustavo Kuerten venceu pela última vez, no Sauípe em 2004.
banner
banner