X
banner

Gajdosova está otimista quanto a recuperação de mononucleose

Segunda, 25 de novembro 2013 às 16:58:10 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A australiana Jarmila Gajdosova disse estar otimista em relação a sua recuperação da mononucleose que está enfrentando há pouco mais de sete meses. Em entrevista ao site Melbourne Age, Jarka contou que chegou a ficar fins de semana inteiros na cama na crise da doença.

Gajdosova, que recentemente disputou o qualificatório do WTA 125 de Nanjing, na China, explicou que seu caso é diferente ao da compatriota Samantha Stosur, que se recuperou em menos tempo."Todo caso é diferente, e pelo que bem sei (Samantha) se recuperou e está bem desde então, meu primeiro passo é ver se eu posso voltar ao todo. Eu sempre tive esperanças, mas o tempo dirá", disse.

2012 não foi um ano fácil para a tenista, que passou por um divórcio com o tenista Samuel Groth e com o falecimento da mãe da tenista em setembro. Jarka afirmou que em dezembro percebeu que estava doente.

"Acho que fiquei doente por causa de tudo (que aconteceu), fui empurrado e jogando assim mesmo, até que meu corpo pôs um ponto final", explicou. "De certa forma, foi uma boa pausa, pude descansar meu corpo e mente, para voltar a jogar com a felicidade e alegria em minha vida novamente. Então, foi muito positivo, mas por outro lado muito negativo, porque eu não tinha certeza se poderia jogar novamente, mas me sinto grata e feliz de poder voltar a treinar como quero e começar a competir novamente", pontuou.

Atual 234 do ranking da WTA, Jarka disse não estar se cobrando por resultados e sim por melhoras em seu jogo.
banner
banner