X
banner

Bruno Soares e CBT criam projeto para jovens tenistas

Segunda, 18 de novembro 2013 às 16:16:37 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O tenista Bruno Soares (BMG, MRV, Asics, Estácio e Correios) e a Confederação Brasileira de Tênis anunciaram, nesta segunda, a criação de um projeto para fomentar e auxiliar os jovens talentos que buscam a profissionalização no cenário do esporte, em expansão.

Foto: Gustavo Werneck / Nittenis

Este projeto, chamado de "Programa de Transição", foi desenvolvido em cima de uma ideia do próprio Bruno, de levar tenistas em fase de transição do juvenil para o profissional a determinados torneios da ATP ao redor do mundo, para que os novatos entendam como funciona o circuito profissional. Quem comandará o projeto é o treinador Patricio Arnold, do Departamento de Alto Rendimento da CBT e nesta primeira fase um ou dois atletas devem ser selecionados.

Os torneios e os jogadores ainda não foram definidos, mas o pontapé inicial foi dado. "A ideia é encurtar esta fase de mudança não só a nível de Brasil, mas Mundial. Hoje em dia temos uma abertura bacana no circuito e estamos juntando ideias para conseguir levar esses jovens para viver um pouco ao lado dos melhores jogadores para adquirirem mais experiência. Isso dará a possibilidade a eles de conviver e lidar com a rotina de atletas de alto nível. Tem muita coisa para ser desenvolvida ainda, mas vamos ver se a gente consegue. É como se fosse um estágio", comenta Bruno.

Para o presidente da CBT, Jorge Lacerda, a ideia de Bruno não só é importante como sua disposição para este projeto, como o terceiro melhor jogador do mundo entre os duplistas, é essencial, pois a ideia da entidade é utilizar mais atletas, como Teliana Pereira, número um entre as mulheres. "O Bruno abre um caminho muito bom para todos os outros profissionais encararem isso com normalidade, pois eles passarão aos jovens uma experiência muito grande. Eles ajudarão os jovens a não passar pelo que passaram, pois os novatos poderão estrear em torneios grandes já sabendo como funcionam e se sentindo à vontade."
banner
banner