X
banner

Nadal destaca importância do Finals e aposta em Federer forte para 2014

Domingo, 10 de novembro 2013 às 16:01:05 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Fabrizio Gallas, em Londres - Rafael Nadal, 1º do mundo, venceu Roger Federer pela primeira vez em cinco jogos no ATP World Finals e terá a chance, nesta segunda-feira, de ganhar o único evento que lhe resta no currículo, diante de Novak Djokovic ou Stanislas Wawrinka.

Perguntado sobre o que acha mais importante, ter vencido o suíço de forma inédito no piso coberto, ou ter a chance de ganhar a competição ao fim de ano, Rafa respondeu: “O que mais me satisfaz é o torneio ao invés das vitórias pessoais, é mais importante estar na final do último torneio do ano do que ter vencido o Federer. O torneio é o importante, vencê-lo será maior do que ganhar de qualquer oponente”, disse o espanhol que venceu o suíço pela 22ª vez em 32 partidas.

“O mais importante pra mim é que essa é a superfície mais dura pra mim e fui capaz de ganhar de quatro dos tops e isso é uma boa notícia pra mim, é um ótimo encerramento de ano. Não vai mudar nada se não ganhar aqui pela temporada que tive, a melhor de minha carreira. Mas agora só falta uma partida, espero estar preparado para ela , preciso jogar melhor para ter a chance contra meu rival de amanhã”.

“Pra mim significa muito cada partida , é certo que esse torneio é especial e nunca tive a chance de ganhar, então seria ótimo se em algum ano pudesse vencer aqui, mas ainda há trabalho e talvez o mais duro de todos. Se não jogar bem, não terei chances”.
Nadal voltou a criticar a ATP, como o fez no início da semana, ao não mudar o piso da competição que reúne os oito melhores da temporada.

“Esse torneio é de uma diferente categoria. Sim é verdade que a ATP nunca me ajudou a vencê-lo, mas eu também nunca tive a capacidade tenística para poder ganhar nessa superfície, mesmo que seja injusto que todos os anos sempre ter sido no mesmo tipo de quadra. É um torneio importante sim, vou tentar, veremos se consigo”.

Nadal comentou sobre o ponto chave para o triunfo por 7/5 6/3 diante do sétimo do mundo: “Roger jogou de forma mais agressiva, foi pra bola desde o começo nos pontos no começo seu saque funcionou. Até o 4/4 ele jogou melhor do que eu, salvei alguns break-points, e joguei um bom game para quebrá-lo. Game crucial foi quando quebrei de novo em 6/5 após ele me quebrar de volta no 5/5.”

Nadal ainda consolou Federer ressaltando que o suíço virá forte para o início da próxima temporada. Roger ganhou apenas um evento no ano, o ATP de Halle, na Alemanha.

“Federer jogou melhor nesse fim de ano. Ele teve uma lesão nas costas e não teve bons meses, mas nesse fim fez final na Basileia, boas vitórias em Paris e quase derrotou o cara que está jogando melhor nesse ano, Djokovic. Ele deveria estar feliz com esse fim de ano. Tenho certeza que em 2014 ele vai começar o ano em condições totais e será candidato para vencer o Australian Open
banner
banner