X

Nadal sofre no fim, mas vence a 70ª do ano e vai às 4ªs

Quinta, 31 de outubro 2013 às 21:19:16 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O espanhol número 1 do mundo, Rafael Nadal, teve uma missão difícil contra o polonês Jerzy Janowicz no Masters 1000 de Paris. Nadal precisou de 1h43 para liquidar uma partida muito mais difícil do que o placar de 7/5 6/4 sugere, em busca do título inédito. Foto: Divulgação

De um lado um gigante sacando a 230 km/h, do outro um monstro de devolver bolas, talvez o jogador mais sólido no fundo de quadra da atualidade. O primeiro set começou bastante equilibrado com ambos os tenistas confirmando seus serviços com muita facilidade em virtude da qualidade e velocidade de saque de ambos. O volume de saque era tão grande que no 7º game Janowicz chegou a fazer um game real, disparando 4 aces em sequência. O desenrolo do set veio no 11º quando, depois de muito esforço, Rafael Nadal conseguiu encontrar o ritmo das devoluções, fez o polonês se movimentar e conseguiu a quebra sacando em seguida e fechando o set por 7/5.

Já tendo encontrado o ponto de devolução, Nadal aproveitou o ritmo para iniciar o set quebrando o saque do polonês, que por sua vez aproveitou uma descansada do espanhol e devolveu a quebra no game seguinte. Tudo seguiu equilibrado até o 5º game quando Janowicz perdeu a paciência com seus erros em um game bastante longo e acabou perdendo o serviço. Deste ponto em diante Nadal conseguiu, com bastante dificuldade, administrar sua vantagem e fechar o set por 6/4.

Nadal agora segue na briga pelo título inédito em Paris que garantiria o espanhol no topo do ranking até o final do ano, além de fazer com que Nadal seja o primeiro tenista da história a conquistar 6 Masters em um mesmo ano. Nas quartas de final, Nadal enfrenta o francês Richard Gasquet que, nesta quinta, venceu o japonês Kei Nishikori por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 6/2.
banner
banner