X

Massú e Ríos assumem time chileno na Copa Davis

Terça, 08 de outubro 2013 às 17:29:44 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O ex-líder do ranking masculino, Marcelo Ríos e o es-top 10 e bicampeão olímpico, Nicolas Massú, foram anunciados pela Federação Chilena de Tênis como novos comandantes do time na Copa Davis. Massú e Ríos, respectivamente, capitão e sub-capitão, têm a missão de levar o país à elite.

Massú e Ríos formaram, com Fernando Gonzalez, a melhor e mais vencedora geração do tênis chileno. A dupla formada por Massú e Gonzalez, além de campeã olímpica em Atenas, foi a que mais venceu pelo país no torneio, foram nove vitórias e quatro derrotas.

Em jogos individuais Massú tem 22 vitórias e 12 derrotas, Ríos, por sua vez, tem 25 vitórias e dez derrotas.

Outros números na Copa Davis fazem da dupla uma escolha de respeito. Ríos, por exemplo, jogou a partida mais dura da história do Chile no torneio. Pelos playoffs do grupo mundial em 1996, os chilenos foram ao Canadá onde Chino superou Daniel Nestor em 6/4 7/6(6) 6/7(5) 3/6 14/12 no primeiro encontro da disputa. Já Massú jogou a partida mais longa, 5h14 contra Stefan Koubek também pelos playoffs em 2009.

Massú recém retirado do circuito será o grande interlocutor com os atletas. A relação de Marcelo Ríos e Paul Capdeville, atual número um do país, preocupa os especialistas de tênis do país, já que os dois não se falam. Ríos, disse na oportunidade da festa do ATP Heritage, que reuniu os números um da história da ATP, que o grande nome do tênis de seu país tende a ser Christian Garin, campeão juvenil de Roland Garros.
banner
banner