X

Nadal vence jogo difícil, vai às 4ªs em Pequim e fica a duas vitórias do Nº 1

Quarta, 02 de outubro 2013 às 12:53:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal, 2º do mundo, segue se aproximando do retorno ao número 1 do ranking. Na tarde desta quarta-feira, fim de noite em Pequim na China, o espanhol alcançou as quartas de final do ATP 500 chinês ao vencer um duro encontro diante de Philipp Kohlschreiber. Foto: AP

Leia Mais:
Nadal destaca o saque e lembra título Olímpico
Nadal não pensa em Djokovic e sim no dia a dia
Siga o Tênis News no Twitter!

O tenista de Manacor precisou de 1h54min para vencer o germânico 25º do ranking por 2 sets a 0 com parciais de 6/4 7/6 (7/3).

Apesar de ter aumentado a freguesia para 11 a 1 no confronto direto, a vitória desta quarta foi a primeira sem perder sets no piso rápido para o oponente em sete jogos.

Com o triunfo ele fica a duas vitórias de ultrapassar Novak Djokovic e garantir o número 1 para a próxima segunda-feira.

Nadal, que alcançou hoje sua 24ª vitória seguida no piso duro onde ainda não perdeu em 2013 (campeão em Indian Wells, Montreal, Cincinnati e US Open), atingiu o 19º triunfo consecutivo e vai lutando pelo 11º título da temporada onde disputou 13 competições com 12 finais e dez canecos.

Seu rival da próxima sexta-feira será o italiano Fábio Fognini, 19º colocado, que aplicou sonoros 6/0 6/2 sobre o ex-número 1, Lleyton Hewitt, da Austrália.

São dois jogos entre os dois, ambos este ano em Roma e Roland Garros, os dois no piso lento. Nadal levou a melhor.

O jogo

Nadal começou quebrando e fazendo 2/0, mas alguns erros e um Kohlschreiber potente fizeram o jogo ficar encardido. Ele devolveu a quebra, Nadal tornou a quebrar fazendo 3/1 em game longo, depois Kohli igualou após bela deixada. No 4/4 Nadal teve problemas para manter o serviço e foi pra cima para fechar por 6/4 em um winner de forehand e erro do oponente. Parcial durou 54 minutos.

Na segunda etapa, o jogo ficou saque a saque. Nadal teve que salvar três no início, um deles com ace de segundo serviço. Em seguida ambos foram confirmando sem sustos até Nadal abrir vantagem com um winner de forehand e ampliar para 6 a 2. Na segunda chance ele fechou o duelo por 7/6 (7/3).
banner
banner