X

Teliana vibra com troféu e pode entrar no top 90

Sábado, 28 de setembro 2013 às 18:50:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Teliana Pereira (CBT/Correios/Asics/Wilson), número 106 do ranking, conquistou, na tarde deste sábado, uma virada na raça no primeiro set e o triunfo para faturar mais um título, o terceiro consecutivo, desta vez no torneio ITF Challenger de Sevilha, na Espanha, competição sobre o piso de saibro com premiação de US$ 25 mil.

A pernambucana radicada no Paraná superou a argentina Florencia Molinero, sétima favorita ao título e 241ª colocada, por 2 sets a 0 com parciais de 7/6 (7/5) 6/3. O jogo começou duas horas atrasado por conta da chuva e foi paralisado por mais duas horas também pelo mau tempo quando a brasileira perdia por 5/2 e dois saques da rival para fechar o set.

"Jogo foi muito complicado, comecei mal, a quadra tinha buracos e ventava demais, perdia 5/2 e a chuva acabou me salvando pois ajeitei minha parte mental, coloquei pensamentos positivos. Voltei mais agressiva e as coisas acabaram acontecendo", destacou a brasileira que ergue seu terceiro troféu seguido e 15ª vitória consecutiva. Ela faturou os canecos de Mont-de-Marsan e St. Malo nas duas últimas semanas e na temporada ergue o quinto troféu tendo vencido os torneios de Perigeaux e Denain, todos na França.

Com a conquista, a 12ª de sua carreira, Teliana obterá seu melhor ranking dentro de nove dias. Já nesta segunda-feira, dia 30 de setembro, ela aparecerá por volta das 95, 96 melhores do mundo e na outra segunda-feira, dia 7 de outubro, tem chances de ficar no top 90.

"Subir no ranking sempre e estar no top 90 ou pertinho disso é muito bom, mas depois de quebrar essa meta de ser uma top 100, vou buscar uma vaga entre as 50 melhores", seguiu a número 1 do Brasil que fez uma alteração no calendário. Como os WTAs previstos anteriormente - Linz e Luxemburgo - fecharam em torno do ranking 50 na lista das tenistas, Teliana optou por terminar o ano com dois ITF Challenger na Espanha, em Vallduxo, a partir de segunda-feira, e depois em St. Cugat, no dia 7 de outubro: "Agora é manter o foco nas próximas duas semanas que serão minhas últimas do ano. Quero terminar bem essa temporada".
banner
banner