X

Nadal aplica bicicleta e Espanha faz 2 a 0 no 1º dia

Sexta, 13 de setembro 2013 às 14:28:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal não tomou o menor conhecimento do ucraniano Sergiy Stakhovsky em partida válida pelo confronto Espanha x Ucrânia, pela repescagem da Copa Davis. O espanhol aplicou uma bicicleta e derrotou o rival por 3 sets a 0, com parciais de 6/0 6/0 6/4, em 1h42min.

Foto: AP

O duelo acontece na quadra de saibro da Caja Mágica, em Madri. Com o triunfo de Rafa, os espanhóis abriram 2 a 0 no duelo. No primeiro jogo do dia, Fernando Verdasco venceu Alexandr Dolgopolov por 3 sets a 1 e permitiu que Nadal já entrasse com o confronto em vantagem.

Com a vitória, Nadal alcançou seu 18º triunfo consecutivo. Ele não perde desde a estreia em Wimbledon. Na Copa Davis, o tenista tem um incrível retrospecto de 20 vitórias e apenas 1 derrota em jogos de simples. Seu único revés ocorreu diante do tcheco Jiri Novak, em 2004.

Na partida de hoje, o espanhol conseguiu a quebra logo no primeiro game, após deixadinha péssima do rival. No game seguinte, ele precisou salvar seu único break point no jogo e assumiu as rédeas da partida.

Sem conseguir uma tática que anulasse a confiança de Rafa, Stakhovsky errava bastante e insistia em curtinhas improdutivas. Sem piedade, Nadal quebrou duas vezes mais e fechou por 6/0, em 30 minutos.

No segundo set, Stakhovsky começou sendo quebrado e se desconcentrou de vez. Com o peso de quem não havia vencido nenhum game, o ucraniano continuou sem saber o que fazer. Rafa distribuía pancadas de um lado e de outro e conseguiu três quebras, anotando novamente 6/0, em 25 minutos.

No terceiro set, Stakhovsky resolveu investir unicamente no saque-voleio e colheu bons frutos. Mais consistente no serviço e com bom jogo de rede, ele confirmou o saque no primeiro game, comemorou muito e ainda pôde ver a torcida ucraniana tremular as bandeiras na arquibancada da Caja Mágica.

O set foi bem disputado com a subida de nível do ucraniano, mas Nadal não foi ameaçado em nenhum momento. A quebra veio no 9º game, com uma cruzadinha espetacular do espanhol. Em seguida, ele sacou firme e fechou por 6/4, em 46 minutos.

A Espanha pode garantir vaga no Grupo Mundial já neste sábado, se vencer nas duplas. O time da casa vai com Tommy Robredo e Marc López para enfrentar os ucranianos Vladyslav Manafov e Denys Molchanov. Caso confirmem a permanência na elite da competição, os espanhóis vão se manter entre os melhores pelo 18º ano consecutivo. A última vez que a equipe disputou o zonal foi em 1996.

Os ucranianos, por sua vez, jamais disputaram o Grupo Mundial da Copa Davis. A equipe disputa a competição desde 1993.
banner
banner