X

Nuria Vives, da Espanha, teria sido pega no doping por metanfetamina

Quarta, 11 de setembro 2013 às 19:03:01 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
De acordo com o site espanhol VozPopuli, a tenista espanhola Nuria Llagostera Vives foi pega em exame anti-doping para metaanfetamina durante o torneio WTA de Stanford, EUA, no fim de julho, o qual acabou não jogando por uma lesão de sua parceria.

A duplista de 33 anos, número 27 do ranking, porém segue jogando no circuito por uma licença da Federação Espanhola de Tênis, a RFET, que a teria conseguido com a ITF que a havia suspendido por medida cautelar.

A RFET não confirma o caso, mas a reportagem indica que a Agência Espanhola de Proteção e Saúde teria recebido uma notificação e estaria aguardando a realização de uma contraprova.

O site Vozpopuli tentou contato com o médico da RFET, Angel Cotorro, que evitou falar sobre o caso. Segundo ele, se Nuria tivesse sido pega, estaria impedida de seguir jogando pela Federação Internacional de Tênis.

"A Federação não tem conhecimento oficial de nenhuma sansação por doping a nenhum atleta, incluindo Nuria Llagostera", diz um comunicado do vice-presidente da RFET, Fernando Fernández-Ladreda.
banner
banner