X

Kohlschreiber prega respeito ao Brasil: 'Não devemos subestimá-los'

Terça, 10 de setembro 2013 às 12:58:26 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O número um do time Alemão já está em Ulm, para as disputas de Playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis contra o Brasil. O alemão, que fez boa campanha no US Open, está confiante na classificação de seu país, mas prega respeito a Bellucci e dupla brasileira.

Foto: Usopen.org

Em seu primeiro treino com a equipe alemã, Kohlschreiber disse a imprensa local: "Nós temos um pequeno favoritismo, temos os melhores jogadores individuais. Mas não devemos subestimar o Brasil, eles são facilmente têm a melhor dupla".

O alemão concordou com uma opinião emitida pelo compatriota Florian Mayer de que é melhor competir em quadra dura contra especialistas no saibro, principalmente depois do US Open, onde a condição das quadras são mais "lentas" que as alemãs.

Sobre a disputa com o Brasil no próximo final de semana: "Tenho certeza de que será uma disputa apertada, e espero que possamos permanecer no Grupo Mundial".

Perguntado sobre o confronto com o número um do Brasil, Thomaz Bellucci, atual 116º do mundo, Kohlschreiber que é 25º respondeu: "Nós não devemos subestimar tanto, Bellucci é ex-top 30, o nosso confronto direto está 3 a 2 pra mim, é sempre muito difícil".

A vitória a mais que Kohlscreiber tem diante de Bellucci, foi uma vitória por WO no ATP 500 de Barcelona este ano. Na oportunidade, o número um do Brasil sentiu uma lesão no abdômen que o tirou de competição por três meses.

O alemão, a exemplo de seu capitão e do companheiro Florian Mayer ressaltaram a força da dupla brasileira que teve "Marcelo Melo na semi do US Open e Bruno Soares na final". Kohlschreiber ainda lembrou que o time alemão nunca enfrentou Rogério Dutra Silva, que "fez um bom US Open", para quem não o conhecia e destacou que Florian Mayer "perdeu a única partida contra Bellucci".

banner
banner