X

Haas vence jogo épico contra Isner no 13º match-point

Sábado, 01 de junho 2013 às 15:45:27 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Um jogo incrível na quadra 1 de Roland Garros neste sábado. Tommy Haas, número 14 do mundo, batalhou por 4h37min e precisou de 13 match-points para eliminar John Isner, grandalhão de 2,06m, 21º do mundo, para garantir vaga nas oitavas de final de Roland Garros. Foto: FFT

O germânico de 35 anos mostrou resistência e sangue frio para vencer por 7/5 7/6 (7/4) 4/6 6/7 (12/10) 10/8 o tenista que detém a vitória na partida recorde com 70/68 em Wimbledon 2010 contra Nicolas Mahut (11h05min de duração).

Haas abriu 2 sets a 0 apertados, mas viu o bravo americano iniciar a recuperação ao quebrá-lo no início da terceira etapa para fechar em 6/4 e levar placar igual na quarta parcial. No 6/5 abaixo, Isner salvou nove match-points e de forma suada levou ao tie-break. Haas teve mais três chances, e no serviço chegou a dar dupla-falta. Isner então aproveitou chance para levar ao quinto e decisivo set salvando a 12ª oportunidade.

Haas começou o set final baleado, perdeu o serviço, ficou 0/3 e então se viu no fundo do poço diante de um dos melhores sacadores do circuito. Eis que europeu se reergueu, foi buscar uma quebra, igualou o placar em 4/4 e colocou ainda mais fogo na partida. Isner passou a sentir cãibras, já não se movimentava como antes, mas foi levando no serviço e teve um match-point no 5/4 na devolução. Haas jogou uma bola na linha, se safou e deu mais drama ao encontro onde no quinto set não há tie-break. Os dois confirmaram até Haas pressionar e quebrar em 9/8. Desta vez com eficiência e sem tremer na hora decisiva, Tommy fechou o encontro e vibrou aliviado no jogo mais emocionante do torneio até aqui.

Haas ganhou sua 21ª partida em 41 jogos no 5º set na vida. Isner perdeu a 12ª em 17 partidas.

Ele terá um dia para descansar para na segunda-feira encarar o russo Mikhail Youzhny, 31º colocado, que venceu facilmente o sérvio Janko Tipsarevic, 11º colocado, por 3 sets a 0 com parciais de 6/4 6/4 6/3. São sete jogos entre os dois com quatro triunfos de Youzhny que venceu a última no saibro de Roma, Itália, em maio.
banner
banner