X

Murray salva match-point e é BI em Miami em batalha contra Ferrer

Domingo, 31 de março 2013 às 15:28:41 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Em batalha de nível técnico baixo, mas de muita garra dos dois lados, Andy Murray salvou um match-point com bola na linha e conquistou seu segundo título no Masters 1000 de Miami, na Flórida. De quebra ele será número dois do mundo. Foto: André Valle

Leia Mais:
Murray desbancará Federer e voltará ao 2º lugar do ranking
Siga o Tênis News no Twitter!

O escocês de Dunblane precisou de 2h45min para superar o espanhol David Ferrer, quinto do ranking, por 2 sets a 1 com parciais de 2/6 6/4 7/6 (7/1) após 2h45min.

Murray, que desbancará Roger Federer no ranking nesta segunda-feira, conquista seu nono Masters 1000, repete a coroa de 2009 em Miami e ganha o 26º torneio, o segundo do ano onde ganhou em Brisbane, na Austrália.

Ferrer disputou sua quarta final de Masters 1000 e segue com um troféu.

O jogo

Na primeira etapa o primeiro game foi crucial. Nurray abriu 15/40, mas Ferrer aplicou bom saque e direita para se salvar. No game seguinte o escocês seguiu errando e deu a quebra pro espanhol que rapidamente se colocou com 4/0. Murray buscou uma reação, diminuiu para 5/2 com o saque, mas fez um game temeroso com dois erros bobos e duas duplas-faltas entregando o set por 6/2 ao rival em 37 minutos. Foram 18 erros não-forçados do escocês.

Na segunda etapa Murray foi mais agressivo e consistente que Ferrer que errou 19 bolas com apenas cinco winners. Diminuindo para nove equívocos ao todo, Murray liderou toda a parcial. Ele fez 3/1, desperdiçou break-point em ponto incrível onde teve todas as chances de matar, mas vacilou, permitiu o empate com erro de deixada, mas viu David cansar mentalmente com equívocos para tornar a quebrar e fechar por 6/4 em 54 minutos.

No terceiro set o jogo ficou com nível ainda mais baixo, com muitos erros, mas ficou dramático a cada game. Ninguém conseguia confirmar o serviço, foram seis quebras seguidas até Ferrer fazer 4/3 com uma queda de Murray levando um contra-pé. Os dois então mostraram cansaço extremo, Murray sentiu cãibras e andou em quadra por alguns games, David sentiu dores na coxa esquerda pedindo massagem em todas as viradas. Murray conseguiu uma quebra, sacou pro jogo em 5/4, mas Ferrer foi valente, virou pra 6/5 e teve um match-point na devolução. Murray então foi pra cima, jogou direita duvidosa que David parou para desafiar. Ele errou a tentativa após bola ser constatada na linha. Depois disso David errou seguidamente, Murray abriu 5 a 1, Ferrer caiu em quadra sentindo cãibras e o britânico acertou devolução firme para vencer por 7/6 (7/1) celebrando com muita exaustão.

Ao todo o jogo teve 95 erros não-forçados e apenas 37 bolas vencedoras.
banner
banner