X

Nadal questiona presença de árbitro de cadeira após 'desastrosa' regra do saque

Domingo, 10 de março 2013 às 21:09:04 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal, número cinco do mundo, mais uma vez criticou a regra mais rígida com os 25 segundos de tempo para o saque dando mais punição a quem exceder esse limite. O espanhol admitiu que na estreia de Indian Wells, no sábado, jogou de forma mais veloz.

Foto: BNP Paribas Open/Billie Weiss

"É verdade, joguei mais rápido Estou fazendo isso pois alguém muito esperto colocou essa nova regra que é um desastre. Não em lugares como aqui que é seco, mas em lugares úmidos como em Acapulco, México, Brasil ou Chile", disse Nadal que seguiu com seu descontentamento.

"Não posso concordar com isso por vários motivos. Essa regra é errada, vai contra os ótimos pontos no tênis. Nos pontos mais importantes do ano não vi um ace sequer, os melhores são os longos rallies e pontos incríveis. Com esses 25 segundos, você joga um longo rallie, será que pode jogar outro logo depois ? Não. Então vai contra o tênis. Então o cara que aceitou essa regra não é muito esperto na minha opinião", disse Nadal que foi além e pediu o fim dos árbitros de cadeira baseado na nova regra.

"Vamos colocar o relógio em quadra sem o juiz porque temos juízes de linha, hawk-eye e tudo que não indicam que precisamos de um juiz de cadeira, não é necessário pois com a regra o árbitro não é bom o bastante para analisar se o jogo está sendo duro, se alguém está catimbando, penalizando-o com advertência."

"Andei olhando meus jogos da final de Roland Garros, Austrália e outros com rallies de 30, 40 golpes e quanto tempo descansamos ? Você precisa ver o terceiro set da final de 2011 do US Open contra o Djokovic, me diga se o público estava feliz com o que aconteceu naquele set e me diga se essa regra pode fazer isso acontecer de novo.. Por favor", questionou o espanhol.
banner
banner