X

Murray larga mal, mas vira e avança em Indian Wells

Domingo, 10 de março 2013 às 19:41:38 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Andy Murray, número três do mundo e campeão do US Open, teve um início ruim, largou atrás e precisou virar sobre o russo Evgeny Donskoy em sua estreia para atingir a terceira rodada do Masters 1000 de Indian Wells, na Califórnia. Foto: BNP Paribas Open/Billie Weiss

Leia Mais:
Murray aponta falta de ritmo e destaca inteligência de rival

O escocês que não atuava há um mês e meio, desde o vice-campeonato do Australian Open diante de novak Djokovic, superou o russo número 83 do mundo por 2 sets a 1 com parciais de 5/7 6/2 6/2 após 2h16min de duração.

Murray segue em busca do primeiro título em Indian Wells, torneio pelo qual foi vice-campeão em 2009 contra Rafael Nadal.

O tenista quebra uma série de derrotas em sua estreia nos dois últimos anos no torneio.

Um primeiro set muito mal no início para Murray que chegou dormindo na partida, cometendo erros grotescos e se enrolando com o jogo cadenciado e com bolas mais rápidas do russo. Donskoy rapidamente fez 5/1 e teve a faca e o queijo na mão. Eis que uma quebra fez o britânico acordar. Ele encostou e empatou após uma dupla-falta e forçar o erro do rival. No 11º game Andy teve cinco breaks, mas Donskoy foi corajoso para salvar todos. No 12º game ele arriscou tudo e fez um game perfeito. Um winner de devolução, um lob vencedor e um contra-ataque fulminante para vencer por 7/5 em 1h02min.

Na segunda etapa Donskoy cometeu erros bobos e perdeu o saque com uma dupla-falta e um voleio fácil pra fora. Murray ficou mais consistente, o suficiente pra balançar com o mental do rival que caiu de produção. Andy fez 6/2 em 34 minutos.

Na terceira etapa o tenista apadrinhado pelo ex-número 1 Marat Safin teve uma chance de confirmar o saque, mas fez dupla-falta e errou revés perdendo o serviço. Murray ficou ainda mais consistente e firme no serviço abrindo 2/0 e na sequência ampliando pra 5/1. Bastou controlar o saque para determinar o fim do encontro ? Negativo. Murray viu o rival ter 0/40 no oitavo game e precisou salvar quatro breaks até fechar com erro na resposta do oponente por 6/2.

Na próxima terça-feira o escocês lutará por vaga nas oitavas de final diante do taiwanês Yen Lu, 79º colocado, que aplicou 7/6 (7/5) 7/6 (7/5) sobre o eslovaco Martin Klizan, 26º.

O natural de Dunblane perdeu o único jogo contra Lu, nas Olimpíadas de Pequim em 2008, sobre o piso rápido.
banner
banner