X

De volta, Fish destaca: 'Pensei em parar umas 15 vezes'

Terça, 05 de março 2013 às 11:28:28 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Depois de seis meses de ausência, Mardy Fish, ex-top 10 do circuito, está preparado para o retorno esta semana em Indian Wells, Califórnia. O tenista estava batido por problemas psicológicos após ter sido diagnosticado com uma arritmia cardíaca no ano passado.

"Demorou meses para voltar a normalidade - poder beber uma taça de vinho no jantar, ir ao cinema com minha esposa. Essas coisas normais que se faz e que eu não fui capaz de fazer por um longo tempo", disse o tenista após exibição contra Novak Djokovic em Los Angeles na noite passada.

O tenista não joga desde que abandonou as oitavas do US Open contra Roger Federer em setembro passado.

O tenista passou a sentir a arritmia em fevereiro de 2012 em um duelo da Copa Davis e que reapareceuem março durante o Masters de Miami na derrota para Juan Monaco nas quartas.

Fish chegou a pensar estar sofrendo um ataque cardiáco durante a noite: "Eu estava completamente em pânico,pensei que ia morrer", revelou o tenista em entrevista ao jornal americano USA Today.

No dia 23 de maio ele passou por uma cirurgia para corrigir o problema. Apesar dos médicos dizerem que ele estava bem, a situação causou uma confusão mental em Fish. Ele não gostava de viajar, não dormia sozinho, carregava consigo um aparelho pequeno de eletrocardiograma, vestindo o mesmo durante os treinos, tudo para se sentir mais seguro.

Fish declarou ontem ter conversado com psicólogos e psiquiatras sobre seu futuro revelando não ter passado uma noite sequer sem sua esposa desde abril.

"Na minha cabeça em me aposentei umas 15 vezes, literalmente", disse o tenista que jogará Indian Wells: "Por uns três, quatro meses após o US Open eu estava aposentado, sem dúvida".

Mas pouco a pouco sua confiança retornou. O tenista de 31 anos diz que as últimas semanas foram melhores que outras e afirmou que sente falta da camaradagem do circuito, competição e por isso vai retornar.

"Não tenho nada a provar em minha cabeça", afirmou o número 32 do mundo: "Sinto que tenho anos a jogar".

Fish jogou um set profissional de oito games contra Djokovic, atual número 1, e afirmou ter sido "um grande teste interno e externo". Ele perdeu por 8/7 (7/2 no tie-break): "Certamente senti a pressão, passar por isso foi muito bom. O que passei foi o mais difícil em minha vida. A parte mais difícil será lidar com essas situações desconfortáveis (jogos terminando tarde, fuso-horário e viagens)".
banner
banner