X

Marcelo Melo corre atrás de 1º título no ano

Sexta, 25 de agosto 2006 às 15:51:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Uma sexta-feira de surpresas marcou a fase decisiva do 2o Instituto Tênis Future em Florianópolis, evento que distribui US$ 10 mil em prêmios no total e pontos para o ranking da ATP.

Enquanto o mineiro Marcelo Melo, quase um especialista em duplas, (nos últimos três Challengers jogados no Brasil conquistou dois títulos e um vice-campeonato) alcançava a primeira final de simples da temporada, o juvenil Daniel Dutra e Silva ganhava seu primeiro titulo de duplas ao lado de Thomaz Belluci. A parceria derrotou Carlos Cirne-Lima e Renato Silveira por 6/4 e 6/1. “ Estou muito feliz, é muito bom ganhar um titulo e já não me sinto mais um juvenil, estou mudando a cabeça, me sinto mais maduro e estou gostando desse clima dos torneios profissionais. Daqui pra frente, vou jogar menos torneios juvenis e mais profissionais” , disse Dutra, que depois de ganhar o convite para jogar na chave da do 1o. Instituto Tênis Future, chegou `as quartas-de-final nas duas semanas e ainda levantou um troféu de duplas.

O parceiro, Bellucci, também comemorava a conquista ao lado de um parceiro com quem nunca havia jogado.

“ A gente nunca tinha feito dupla junto, no primeiro jogo foi meio enroscado, mas depois deslanchamos e foi muito legal vencer hoje” , falou.

MELO E FERREIRO DECIDEM TÍTULO DE SIMPLES NESTE SÁBADO

As partidas que marcaram as semifinais de simples foram verdadeiras batalhas. Marcelo Mello começou perdendo para Alexandre Bonatto , no primeiro set, mas conseguiu se recuperar em tempo de fazer 6/4 e 7/5, garantindo vaga na primeira final de simples do ano, a sexta da carreira. O único titulo foi conquistado no México em 2005. “ O Bonatto tem um jogo chato, difícil, que não se adapta ao meu estilo de subir pra rede, mas consegui ficar focado no jogo e foi a minha melhor partida nesta semana. Espero seguir bem amanhã” , comentou Melo.

Para Bonatto, o problema foram os erros e a falta de garra. “Eu fui para o jogo, não fui para a guerra, cometi erros seguidos em momentos decisivos, que me custaram o jogo”.

O técnico da equipe do Instituto Tênis, Francisco Costa concorda com seu tenista: “ o tênis é sempre uma guerra, ou você mata ou vai morrer. E não pode lutar contra si mesmo, tem que lutar contra o adversário, com disciplina tática e não pode ser envolvido pelos sentimentos, pela emoção, tem que manter a agressividade sempre” , disparou.

É com esse espírito que Franco Ferreiro vai entrar em quadra neste sábado, `as 10h 30 min, para buscar seu segundo titulo consecutivo. Campeão da 1a edição do Instituto Tênis Future no domingo passado, Ferreiro eliminou na semifinal desta sexta, o argentino Leandro Migani por um duplo 6/3 e agora, vai pra cima de Melo .

“ Eu sempre entro em quadra pronto para uma guerra, uma dura batalha e amanhã não deve ser diferente, o Melo tem aquele jogo de volear o tempo todo, mas venho jogando bem e espero fazer tudo direito, com alegria, para levantar o segundo troféu” , finalizou Ferreiro, dando uma idéia do que se pode esperar desta decisão que terá entrada gratuita na sede da Federação Catarinense de Tênis.

Com os resultados alcançados, os dois finalistas que não iriam jogar em Itajaí, solicitaram vaga para jogar a 3a edição do Instituto Tênis Future e de Florianópolis, seguem para Itajaí.

Fonte: Imprensa Instituto Tênis
banner
banner